InícioBrasilNOVO AUMENTO/ Litro da gasolina pode chegar aos R$ 7,30 em Cabo...

NOVO AUMENTO/ Litro da gasolina pode chegar aos R$ 7,30 em Cabo Frio

"É um absurdo o que estão fazendo com a gente. Você coloca R$ 50,00 e não consegue andar quase nada. Geralmente, quando colocávamos esse valor, durava toda a semana", lamentou o motociclista Adriano da Fonseca

A Petrobras anunciou um novo reajuste nos preços dos combustíveis nesta segunda-feira (25). A gasolina vai subir 7% nas refinarias e o diesel, 9%. Os novos valores já valem a partir desta terça-feira (26). Em Cabo Frio, onde a gasolina é uma das mais caras do Brasil, o custo por litro na bomba – que está na casa dos R$ 7,09, chegando a R$ 7,19 em alguns postos -, pode ir a R$ 7,30.

Sobre a gasolina, o valor repassado às refinarias vai de R$ 2,98 para R$ 3,19, ou seja, aumentando em R$ 0,21, sendo o número passado à população de R$ 0,15. Em relação ao litro do diesel, o reajuste é de 9%, passando a ser vendido a R$ 3,34. Ao público, o custo ‘extra’ será de R$ 0,24. Para tristeza dos motoristas, não há previsão de estabilização dos preços.

Somente neste ano, o valor do litro da gasolina acumula alta de 73,4% nas refinarias, já o diesel apresenta 65,3%. Esse é o segundo aumento no intervalo de 30 dias.

Na cidade, motoristas não demonstraram surpresa ao saber do aumento. Adriano da Fonseca Silveira, morador do município, afirmou que, por conta das constantes altas, já esperava o novo reajuste. “É um absurdo o que estão fazendo com a gente. Você coloca R$ 50,00 e não consegue andar quase nada. Geralmente, quando colocávamos esse valor, durava toda a semana”, contou.

Já Jorge Jean, também morador da cidade, joga a culpa no excesso de impostos. Além disso, conta que tem dirigido menos. “Já tem dois anos que dirijo só a moto mesmo, por conta da economia”, concluiu.

Para justificar o aumento, a Petrobras afirma que é necessário que “o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento”.

“O alinhamento de preços ao mercado internacional se mostra especialmente relevante no momento que vivenciamos, com a demanda atípica recebida pela Petrobras para o mês de novembro de 2021. Os ajustes refletem também parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio”, informa a estatal.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content