InícioRegião dos LagosCabo FrioCOLUNISTA RC24H/ Abono para enfermeiros e o mutirão de vacinação em Tamoios

COLUNISTA RC24H/ Abono para enfermeiros e o mutirão de vacinação em Tamoios

“O abono é um reconhecimento do trabalho desempenhado por esses profissionais na linha de frente do enfrentamento à Covid. Ainda é pouco, pois essa cidade tem uma dívida muito grande diante de tudo que fizeram e ainda vão fazer”, diz o vereador Davi Souza, líder de governo na Câmara de Cabo Frio

O abono de R$ 500 para os 1.377 enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem que atuam na rede municipal de saúde, foi um dos assuntos abordados por Davi Souza, na sessão desta terça-feira (18).

“O abono é um reconhecimento do trabalho desempenhado por esses profissionais na linha de frente do enfrentamento a covid-19. Ainda é pouco, pois essa cidade tem uma dívida muito grande diante de tudo que fizeram e ainda vão fazer. O governo enxerga a classe como prioridade. Essa é mais uma demonstração de respeito e compromisso com os enfermeiros e técnicos de enfermagem”, afirmou.

O mutirão de vacinação em Tamoios no último sábado foi elogiado por Davi. Foram 500 pessoas vacinadas. “Estive falando sobre a celeridade na vacinação e este método de mutirão funciona de uma forma muito expressiva. O olhar do governo municipal está voltado para a população do segundo distrito”, disse Davi.

Fazendo uso da Tribuna, Davi também destacou que a antecipação da imunização foi uma das solicitações do legislativo. “Este foi um pedido aqui da casa. É muito importante saber que estamos sendo ouvidos, mesmo em meio a tantas dificuldades. Parabenizo ao Prefeito e ao Secretário de Saúde pela atitude. Durante o fim de semana, o município recebeu uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19, o que permitiu a ampliação da imunização para pessoas de 52 a 55 anos com comorbidades”, ressaltou.

Ainda na área da Saúde, Davi Souza lembrou da nova licitação realizada pelo município, onde o custo de contratação da tenda de atendimento para pacientes com Covid, passou de R$ 55 mil para R$ 15 mil mensais. A antiga tenda foi montada em maio de 2020, no governo anterior. Hoje, Cabo Frio economiza R$ 40 mil com o novo contrato.

Outra questão abordada foi a valorização que o governo está dando aos prédios públicos. “O objetivo é fazer com que as repartições públicas sejam instaladas nos prédios públicos. Destaco como exemplo a Comsercaf, que prevê redução de despesas através da iniciativa de mudança da sede, para um imóvel próprio do município”, explicou Davi.

Para finalizar, o vereador reforçou a importância do Projeto de Lei que tramita na casa, com o intuito de possibilitar que o cidadão possa exercer trabalhos voluntários dentro da prefeitura. A iniciativa abre para o município, possibilidades de receber a atuação da sociedade civil em emergências, como as escolas na pandemia e possíveis calamidades.

“O projeto é de extrema importância, entendendo que estamos passando por uma pandemia e existem pessoas que desejam participar deste programa. A atualização dos dados da vacinação seria um dos benefícios alcançados por meio deste voluntariado. Os interessados em trabalhar como voluntários poderão atuar auxiliando os servidores titulares de cargos, recebendo um certificado após a conclusão da atividade. Na administração pública de Cabo Frio, a atuação voluntária apresenta-se relevante em diversas outras áreas, como a Assistência Social, Cultura, Esporte e Lazer”, finalizou Davi.

*Davi Souza é empresário, vereador pelo PDT e líder de governo na Câmara de Cabo Frio.

  • *O conteúdo da coluna é de responsabilidade do autor.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content