InícioDestaqueAcusado de furto milionário de gado é preso pela Polícia Civil em...

Acusado de furto milionário de gado é preso pela Polícia Civil em Rio das Ostras

Crime é tido como maior desvio de gado da história do Estado; ao todo, 2.348 bois foram furtados de uma fazenda em Casimiro de Abreu

Um integrante de uma quadrilha investigada por roubo e furto de cabeças de gado em uma propriedade rural de Casimiro de Abreu, foi preso neste sábado (11), durante uma operação da Polícia Civil, em Rio das Ostras. Edson Mauro Valim já foi condenado a cumprir pena de seis anos e oito meses de reclusão em regime fechado pela prática dos crimes de furto qualificado e estelionato.

Segundo a Civil, ele causou um prejuízo de quase R$ 4 milhões à um grupo empresarial O criminoso foi capturado em uma residência na Rua Itaperu, no bairro Parque Zabulão. Dentro da casa, a polícia apreendeu uma pistola Taurus modelo PT 838 com três carregadores.


Edson é acusado de ter desviado 2.348 cabeças de gado de uma fazenda em Casimiro de Abreu, onde era administrador. O crime é considerado o maior roubo de gado da história do estado do Rio de Janeiro.
Segundo as investigações, ele se aliou a outras pessoas para, aos poucos, ir colocando os gados em caminhonetes que levavam os animais para outro lugar.

O processo tramitou na Vara Criminal de Casimiro de Abreu, município onde Edson comprou uma casa de luxo. Após a prisão, ele foi levado para sede da 128ª Delegacia Policial (128ª DP), onde ficou à disposição da Justiça. Ele ainda vai responder por organização criminosa, além de crimes individuais, como roubo e furto de gado, receptação dolosa e posse de arma de fogo.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content