ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent Corpo é encontrado próximo a ponto de ônibus em Búzios | RC24H | O Portal de Notícias da Região dos Lagos

Corpo é encontrado próximo a ponto de ônibus em Búzios

Jovem é detido com motocicleta adulterada em Arraial e Polícia Civil realiza ação contra receptação de equipamentos de telefonia e de internet furtados na Região dos Lagos


O corpo de um homem foi localizado no início da manhã desta quarta-feira (18) no bairro Tucuns, em Armação dos Búzios.

De acordo com relatos iniciais, o cadáver estava próximo a um ponto de ônibus na entrada do bairro.

Ainda não há informações sobre a identidade da vítima e a causa da morte.

A ocorrência foi registrada na 127 DP e o corpo será removido para o IML de Macaé.

 

*Com informações de Bruno Lopes.

 

 

 

Jovem é detido com motocicleta adulterada em Arraial

Um adolescente de 15 anos foi detido no final da manhã desta terça-feira (17) no Morro da Cabocla, em Arraial do Cabo.

De acordo com a ocorrência, o jovem foi abordado circulando em uma motocicleta sem placa. Ele estava com uma trouxinha de maconha.

Ao ser encaminhado para a 132 DP, foi constatado que o veículo estava adulterado.

 

 

 

Polícia Civil realiza ação contra receptação de equipamentos de telefonia e de internet furtados na Região dos Lagos

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) realizaram, nesta terça-feira (17), uma grande operação na Região dos Lagos contra receptação de equipamentos de telefonia e de internet furtados e que eram utilizados pelos acusados em suas próprias empresas e redes de provedor de internet. Os agentes apreenderam diversos materiais e centenas de metros de cabos furtados de fibra ótica.

Em uma empresa, em São Pedro da Aldeia, os agentes apreenderam 24 caixas de terminação óptica (NAPS), que haviam sido furtadas da operadora Claro. O equipamento foi desenvolvido para proteger a fusão, distribuição e concentração das fibras ópticas. A investigação deste caso foi iniciada na 151ª DP (Nova Friburgo). De acordo com os policiais, os acusados tentavam esconder os logotipos das operadoras usando massas e, além disso, queimavam as caixas. No entanto, a equipe conseguiu identificar as marcas das empresas lesadas em diversos equipamentos.

No município de Araruama, os agentes foram até a casa de um suspeito e encontraram centenas de metros de cabos furtados de fibra ótica da Claro, Oi, Vivo e Sumicity, além de baterias furtadas da Claro e da Nextel.

Durante o levantamento de informações, os policiais descobriram que as empresas não possuem licença da Anatel para oferecer o serviço e utilizavam a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAES) divergente com o que era prestado aos clientes. As investigações prosseguem para identificar todos os envolvidos nos furtos e na receptação dos produtos.

Categorias: Balanço Policial

Fotos da notícia




Outras notícias