ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUARTA-FEIRA (23) | RC24H | O Portal de Notícias da Região dos Lagos

BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUARTA-FEIRA (23)

A derrocada de Wilson Witzel e a repercussão na Região dos Lagos; Contagem regressiva para os registros de candidaturas; Notícias de Cabo Frio, Arraial, Iguaba, São Pedro, Búzios, Araruama e muito mais!


SAÍDA PELOS FUNDOS

Como era de se imaginar, esta quarta-feira (23), foi dia D da votação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro do impeachment do governador afastado, Wilson Witzel (PSC), iniciando a saída do ex-juiz pela porta dos fundos da política fluminense, e o pior, por unanimidade. No seu pronunciamento remoto na Alerj, disse que foi linchado moralmente e politicamente, sem direito de defesa. "Fui afastado sem o direito de falar (...) Nesta volúpia do Ministério Público e da decisão monocrática da Justiça não me deram direito de defesa. E alfinetou o legislativo dizendo que os deputados, em suas falas, anteciparam seu voto e fizeram palanque eleitoral. "Por que pior que seja a democracia, ela deve se aperfeiçoar e não regredir", disse Witzel. Fato é que o ex-juiz chegou com toda pompa e circunstância ao maior cargo do Estado, dizendo que ia "fazer acontecer" e acabou se mostrando o pior de todos dos últimos anos, já que, pelo menos, a maioria deles conseguiu cumprir, ao menos, o primeiro mandato. Esse, nem isso.

 

 

 

'POLÍTICA NÃO ACEITA TRAIDOR'

Na sessão da Alerj desta quarta-feira (23), para a votação do processo de impeachment contra o governador afastado Wilson Witzel (PSC), Dr Serginho (REP), um dos deputados cabo-frienses da Casa, fez um discurso de 12 minutos com direito a um breve histórico de quando começaram as denúncias de sua bancada sobre as suspeitas de irregularidades do governador. Vale lembrar que Serginho sempre manteve coerência em seu mandato: começou como aliado de Witzel mas quando rompeu, rompeu com força, ou seja, fez o papel que se esperava de um deputado nesse período em que foram apurados os desvios. Manteve postura firme e combativa, denunciou incansavelmente os desvios de recursos na saúde, além de ter sido um dos primeiros a entrar com requerimento sobre o pedido de impedimento de Witzel. Na oportunidade de seu voto, nesta quarta, fez uma fala bem pontuada. Disse que a ambição do governador "e talvez a ganância" o levaram a um ato falho: trair as lideranças que o permitiram chegar ao governo do Estado. "A política até aceita a traição, mas jamais aceitará o traidor (...) Witzel perdeu as condições morais e políticas de comandar o Rio de Janeiro", disse Serginho na tribuna da Alerj. Antes mesmo da sessão de votação, Serginho, por telefone, já havia afirmado que o clima era de aprovação por unanimidade.

 

 

FALA LIGEIRA

Já o Subtenente Bernardo (PROS) fez uma aparição ligeira e esquisita, como revela a imagem (pelo jeito não havia nenhum assessor para ajudar). Mas até o fechamento dessa edição, não se sabe se ele terá coragem de votar contra o ex-aliado Witzel. A lembrar, na ocasião que fez uma fala debochada, quando foi favorável à abertura do processo de impeachment, em junho último ("O governador já foi fuzileiro naval, pediu pra sair, já foi juiz, pediu pra sair. Agora ele pede para sair do governo do Estado. Meu voto é sim"), coincidentemente logo depois saiu matéria na Vejarepublicada pelo Portal RC24h - e confirmada pelo deputado Dr Serginho em discurso recente - dizendo que Bernardo era aliado de Witzel, votando com ele em tudo, e que o deputado tinha vários familiares em cargos do governo. Dentro do Palácio Guanabara, especula-se, inclusive que a matéria saiu de um vazamento do próprio gabinete, porque o governador nutria apreço pelo deputado Bernardo. Mas logo após o voto debochado, Witzel pegou raiva do parlamentar.

 

 

 

'NOVA FACHADA, VELHOS INTERESSES'

Representante de Maricá, a deputada Zeidan (PT) fez um discurso rápido antes de afirmar que é favorável que o processo de impeachment contra o governador afastado siga para a fase de julgamento. "Sempre tivemos posição oposta a esse governo, mas não me sinto bem em fazer isso hoje (...) Dói ver nosso Estado com tantas famílias sofrendo com perdas", disse a deputada, completando que Witzel foi eleito a reboque por uma suposta luta contra a corrupção. "Ele se elegeu com uma nova fachada mas com os mesmos interesses da velha política. Eram fortes indícios que ele seria mais um elo nessa corrente de corrupção", disparou a parlamentar.

 

 

 

'PELAS 17 MIL VIDAS PERDIDAS'

O deputado Welberth Rezende (Cidadania), que também é candidato a prefeito de Macaé, falou das dificuldades da crise no Estado antes mesmo da pandemia e o quanto piorou com a corrupção na Saúde do Estado num momento em que pessoas morriam. "Depois da crise veio a Covid-19, trazendo consequências terríveis. E agora estamos aqui votando o processo de afastamento do governador (...) É um cenário caótico e de muita tristeza. Não dá mais para sermos manchete dos jornais com tanta corrupção (...) Nas urnas tínhamos a certeza de dias melhores, mas era mais uma página da corrupção (...) Hoje estamos aqui pelas 17 mil vidas perdidas por conta de roubo, ganância e péssima gestão.

 

 

 

 

O VELHACO!

De Arraial do Cabo, podemos lembrar que a cidade foi uma das ficou de pires na mão esperando a ajuda do governo que prometeu dar andamento às obras da RJ-140, necessárias por conta das fortes chuvas que castigaram a cidade. Na época, Witzel esteve na Região dos Lagos distribuindo checões e promessas, mas ficou só nisso. Acontece que veio novamente a época das chuvas e o risco de desmoronamento de um trecho da rodovia, que passa pela Prainha e dá acesso à cidade, voltou a assombrar os moradores e turistas. Com isso, a prefeitura de Arraial do Cabo moveu uma Ação Civil Pública contra o Estado em maio deste ano, e em junho o Tribunal de Justiça determinou que as obras da RJ-140 fossem iniciadas em um prazo máximo de 90 dias. O Estado recorreu por meio de agravo de instrumento e, até o momento, não iniciou ou apresentou qualquer projeto de início das obras. O município já requereu a intimação novamente para o cumprimento. Quanto ao agravo de instrumento, já está em pauta e o julgamento marcado para 6 de outubro. A Defesa Civil já esteve novamente no local nesta manhã e enviará outro relatório atualizado após as chuvas desta semana. Em suma, além de falso moralista, Witzel é velhaco!

 

 

DIZE-ME COM QUEM ANDAS...

Mudando um pouco de assunto, mas voltando a falar do deputado Dr Serginho (REP), vazou um vídeo feito em fevereiro deste ano quando que ele aparece na festa de aniversário do presidente da Alerj, deputado André Ceciliano, que é do PT, que deu o que falar nos grupos políticos de Cabo Frio. Serginho estava na festa "dos melhores amigos", porque dá para perceber que eram pouquíssimos convidados, quase um petit comité. Comentei com ele sobre as imagens, e apesar de estar bem à vontade entre os convidados, disse que continua achando que "o PT é pior que o capeta". "Eu quero distância do PT", rebateu. E afirmou que apesar de concordar que deve-se levar em conta "as pessoas antes dos partidos", reforçou que sua "guerra é no campo das ideias, não é pessoal", respondeu. Serginho tratou a questão com bom humor, mas o assunto foi polêmico e bombou nos grupos de whatsapp desde a noite desta terça (22). Os seguidores de Serginho ficaram desconcertados, tentando argumentar para defendê-lo. Mas que é difícil de explicar essa proximidade, ah isso é.

 

 

 

 

 

PRA ÚLTIMA HORA

A três dias do prazo final para registro de candidatura - dia 26 de setembro (até as 19h) - ainda são poucos os prefeitáveis que já aparecem registrados no site do DivulgaCand. Parece que muitos vão deixar para a última hora mesmo; o prazo expira no próximo sábado (26). Em Cabo Frio, por exemplo, só aparecem três nomes na lista de candidatos, até o momento: Anderson Macleyves (PMN), Cris Fernandes (PSD) e Rodrigo Gurgel (PSL). Será que Marquinho Mendes (MDB) também já enviou a documentação para registro? A aposta é que ele deixe para o último momento, como estratégia para tentar ganhar tempo, caso seja indeferido (o que é muito provável). Vamos aguardar!

 

 

 

REBATIDA EM IGUABA

O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (Cidadania) fez um vídeo na manhã desta terça-feira (23), se defendendo das acusações do ex-secretário de Meio Ambiente e candidato a vereador pela coligação de Grasiella Magalhães (PP), Marco Antônio (PP), sobre suposta falta de qualidade da pavimentação na estrada da Capivara, a ponto de haverem desabamentos e destruição na via após as chuvas de mais de 150mm acumulados do começo desta semana. Vantoil fez o vídeo no local e mostrou que a estrada estava firme e forte e não apresentava tais sinais. A verdade, segundo a fala do chefe do Executivo, é que a obra tem 2 mil metros de extensão e ainda não foi concluída e foi em um ponto, onde a intervenção ainda não está finalizada que a água passou por baixo e deixou o asfalto oco, causando uma pequena rachadura. Por isso, a Prefeitura decidiu cortar cerca de um metro do pavimento no local para reparar os danos. Prefeito disse que recebe as críticas, "o que não pode, o que não nós não aceitamos são aquelas críticas que nada somam, em nada contribuem". O prefeito chamou os ataques de fake news e disse que "levar pânico não dá voto". Vantoil também agradeceu a população iguabense pela união, solidariedade e compreensão, e aos funcionários do município, da Defesa Civil e da Guarda Municipal pelo trabalho que têm prestado neste momento.

 

 

 

 

OUTRA REALIDADE

O prefeito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho (PP), que não é daqueles que faz postagens diárias, usou seu Instagram nesta quarta-feira (23) para dizer que o próximo chefe do executivo aldeense vai receber uma prefeitura em dia. "Pegamos a prefeitura com uma dívida milionária. O próximo prefeito vai herdar uma prefeitura com outra realidade, com as contas pagas. Isso significa responsabilidade com o dinheiro público e respeito pelo município", postou Chumbinho.

 

 

 

 

NÃO DEIXOU BARATO

A filiada ao PSL de Araruama Márcia Arcanjo já mostrou que não estava para brincadeira quando postou vídeo detonando o presidente municipal do partido em sua página no Facebook. Agora, depois da convenção ter definido Hérika "da Virtuosa" Passos como candidata a prefeita no lugar de Márcia, Dr. José Roberto e Fernando Caroço, a ex-pré-candidata acionou a justiça contra o PSL Araruama pedindo a anulação do resultado do encontro. No documento, enviado ao Portal RC24h, a loira aponta irregularidades no processo de escolha de Hérika e acusa o deputado federal Lourival Gomes (PSL/RJ), responsável pelo partido na cidade, de "usar e abusar de seu mandato ao exercer coerção sobre seus filiados, impedindo-lhes o livre exercício de suas funções , porque a maioria deles são seus funcionários ou assessores parlamentares". A coluna tentou contato com o deputado Lourival, mas sem sucesso.

 

 

 

 

FOLHA CONCLUÍDA

A prefeitura de Cabo Frio informou que já está na conta o pagamento dos servidores aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 6.000,01. Ainda segundo a Prefeitura, "com esse aporte foi concluída a folha de pagamento de agosto antecipando o calendário que tinha previsão de terminar dia 28 de setembro.

 

 

 

 

 

 

 

PRORROGAÇÃO DE AUXÍLIO

A Câmara de Búzios aprovou o Projeto de Lei 62/2020, que autoriza despesa de R$ 538.175,00 para concessão - por mais cinco meses - do auxílio social aos servidores da secretaria de Educação que tiveram o contrato de trabalho cancelado com a Prefeitura no período de estado de calamidade pública.

 

 

 

 

 

 

TRANSPARENTES

Armação dos Búzios, do prefeito André Granado (MDB), e Maricá, do gestor Fabiano Horta (PT), foram destaques em uma lista do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) no projeto “Transparência Covid-19”, com objetivo de dar visibilidade aos cumprimentos das legislações que obrigam os municípios a disponibilizarem à sociedade informações relativas aos gastos efetuados no combate ao novo coronavírus. Além de Búzios e Maricá, das 92 cidades do estado, apenas Resende, Japeri, Natividade e Quissamã tiveram análise satisfatória de atendimento aos requisitos do projeto.

 

 

 


PPA DE MARICÁ

Nesta quinta-feira (24), às 11 horas, será realizada uma audiência pública para a revisão do Plano Plurianual para o quadriênio 2018-2021. A audiência será por meio de videoconferência por causa da pandemia e poderá ser assistida pela página oficial da Câmara no Facebook.


 

 

 

 

 

 

 


LDO DE MACAÉ

Com acordo da bancada do governo e dos oposicionistas, a Câmara de Macaé aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei 003/2020, do Executivo, que estabelece a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2021, nesta quarta-feira (23). Ao todo, 94 emendas parlamentares foram incluídas no texto original. Desta forma, não haverá necessidade de realizar as sessões que estavam agendadas para quarta (24) e sexta-feira (25), uma vez que a pauta foi finalizada. Na próxima terça-feira (29), a partir das 15h, o legislativo macaense transmite a audiência pública, solicitada pelo Executivo, para a prestação de contas do segundo quadrimestre de 2020, conforme estabelece a Lei Orgânica.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias