ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUINTA-FEIRA (30) | RC24H | O Portal de Notícias da Região dos Lagos

BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUINTA-FEIRA (30)

Reunião de Renatinho em Arraial dá o que falar; em Cabo Frio, reação positiva com o cancelamento do Réveillon, MPRJ avalia prefeitura como a segunda melhor administração, impasse na educação e #15MinutosNoRC com Aquiles; em Iguaba, Indireta de Vantoil, pagamento na conta e live da ex-prefeita; Bruno Costa na capital; e muito mais...


FORÇA E IRRESPONSABILIDADE I

A reunião que aconteceu em Arraial do Cabo, na noite de quarta-feira (29), das “Guerreiras Cabistas” foi algo inacreditável. Tanto que virou destaque na mídia em todo estado, saindo até no Bom Dia Rio com Fachel e Silvana Ramiro. Na InterTV virou “Carnacovid”. Quem diria, hein?! Depois do baque de uma operação do Ministério Público que parou a cidade, no mesmo dia, quando os adversários chegaram a soltar fogos em comemoração ao ver a polícia vasculhando a casa do prefeito, qual a conclusão que todos tirariam? Que Renatinho estava morto. Mas não foi o que se viu. Foi carregado nos braços do povo, conforme o próprio adversário Ton Porto (DEM) chamou a atenção numa postagem do Facebook.  Aquilo que se supunha que seria uma “reuniãozinha fiasco” diante do episódio traumático na parte da manhã, aglomerou cerca de mil pessoas na parte da noite, conforme disse uma das organizadoras. Mas a verdade seja dita: foi uma irresponsabilidade.

 

 


FORÇA E IRRESPONSABILIDADE II

E de irresponsabilidade em irresponsabilidade segue a pré-campanha em Arraial do Cabo. Imagina como será a campanha em si? E o prefeito, conforme destacou a apresentadora Ana Paula Mendes no RJTV1, deveria dar o exemplo e não promover aglomeração, mesmo diante de provocações dos adversários. Os renatistas se queixam que todos os candidatos já estão fazendo reuniões há meses. Mas o prefeito não pode cair na cilada. Ele é autoridade maior da cidade. Mostrou força? Mostrou. Mas colocou a população do município em risco, bem como das cidades vizinhas. Sem falar no desgaste diante da opinião pública. Será que vale a pena? Mas enfim, aquilo ali é o Cabo, galo. Cidade que tem um cientista político em cada esquina e a disputa pega fogo real. 

 

 

ANÁLISE DIGITAL

Um analista digital da Região dos Lagos, que prefere manter o anonimato, fez um balanço e deu um parecer da quarta-feira (29) eletrizante de Arraial do Cabo. "O que a gente conseguiu ver na internet é que de manhã tinha uma movimentação muito grande de perfis de Arraial do Cabo, tanto de usuários normais quanto fakes, falando do fato da busca e apreensão na casa do prefeito, mas, quando visualizamos no decorrer do dia, isso foi esfriando. De noite, quando teve a reunião, o assunto praticamente morreu nas redes. Percebemos que os adversários ficaram meio perdidos, já que a estratégia naquele momento era de divulgar a busca e apreensão. Quando viram que tinha cerca de mil pessoas na reunião, eles ficaram sem reação. Realmente foi um ato de irresponsabilidade, mas, de outro lado, mostrou a força absurda que o prefeito tem, e muitos não tinham crença sobre isso. Da parte digital, Renatinho é o assunto mais falado positiva e negativamente nas redes sociais, e isso é bom. Se formos botar como exemplo em uma comparação com o governo Bolsonaro, é um governo que quer estar sempre em evidência e provocam pautas, às vezes até hashtags com erros de português eles colocam, para que as pessoas corrijam e o assunto fique em evidência. É o velho ditado: falem mal ou falem bem, mas falem de mim. Essa é a análise. Renatinho conseguiu, sem intenção, se tornar evidência na internet até o momento".

 

 

“A VIDA É MAIS IPORTANTE QUE REUNIÃO"

Durante o #15MinutosNoRC, o vereador e pré-candidato a prefeito de Cabo Frio, Aquiles Barreto (PT), comentou o caso de reunião lotada em Arraial do Cabo e criticou as aglomerações causadas por reuniões políticas. Ele reforçou que a Covid-19 não é normal e que a naturalização da doença pode matar muito. Para ele, é necessário que as campanhas se adaptem a um novo modelo, “porque reuniões e comícios como eram antes não cabe mais”. Aquiles reforçou que Tribunal Superior Eleitoral (TSE) necessita fazer a regulamentação de um novo formato, que propicie menos aglomerações. Ele também ponderou que a possibilidade de as convenções partidárias serem feitas online foi um primeiro passo para que essa demanda seja atendida. Nas palavras do pré-candidato, “a vida é muito mais importante que qualquer reunião... Espero que a gente pense primeiro na vida e não no voto”. Fica o conselho e alerta de quem viveu a experiência de tentar respirar e não conseguir sequer puxar o ar. Outro ponto curioso foi ele citar de forma incisiva quatro lideranças da cidade, Jefferson Vidal, Jorginho Q Onda, Magdala de Tamoios e Nenel do Jardim. Será isso um sinalizador? Vale a pena conferir a entrevista na íntegra:

 

 

 

REAÇÃO POSITIVA

A decisão do prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno (DEM), em não realizar a tradicional festa de réveillon na Praia do Forte foi muito bem recebida pela população, de maneira geral. Embora isso, muita gente comentou que a festa não acontecia há bastante tempo, dado que, nos últimos anos, os réveillons tiveram orçamentos escassos e shows pirotécnicos reduzidos em comparação aos tempos áureos de arrecadação dos royalties, quando, literalmente se queimava dinheiro na comemoração. A decisão de não fazer a festa, lógico, se deve a pandemia, mas, a bem da verdade, fazer qualquer tipo de investimento com recursos públicos em festas soaria muito mal para um município que tem salários de servidores e aposentados atrasados, além de problemas de infraestrutura da cidade, como, por exemplo, os buracos que tomam conta da cidade. Nesse contexto, o que fica de positivo é a reação ao cancelamento da festa de réveillon e outros eventos no segundo semestre. Fazia tempo que Adriano não era elogiado dessa maneira.

 

 

SEGUNDA MELHOR ADMINISTRAÇÃO 

A prefeitura de Cabo Frio foi avaliada como a segunda melhor administração no Projeto Edificando o Controle Interno, do Ministério Público estadual. A gestão de Adriano Moreno recebeu nota 8,03. Foram analisados sete quesitos pelo MPRJ, entre eles transparência, auditoria, atendimento ao cidadão e controladoria. Também foram realizadas consultas nos Portais da Transparência, analisando a prestação de contas. Adriano ressaltou a importância desse reconhecimento para o município: “É com grande satisfação que, em dois anos de governo, eu consigo transformar uma prefeitura que tinha pouquíssima credibilidade e hoje está no patamar das prefeituras com maior grau de transparência. Isso é muito importante – não para o prefeito, mas para a cidade de Cabo Frio que ficou renegada, em segundo plano, durante muitos anos”. O relatório completo está no site do MPRJ.

 

 

CORRIGINDO

Nesta quarta-feira (30), demos uma nota na Boca Miúda informando que o novo Diário Oficial Eletrônico da Prefeitura de Cabo Frio seria desenvolvido e administrado por um tecnólogo da informação (TI) que foi o mesmo resposável por desviar recursos de publicidade e serviços quando prestou consultoria para o Portal RC24h. Não é verdade. O procurador-geral do município, Bruno Aragutti, entrou em contato para desfazer o mal entendido. Ele disse que, tão logo o prefeito tomou conhecimento de que o larápio que desviou  mais de R$ 60 mil do RC, não havia cumprido com a promessa de pagar as parcelas da dívida que fez em decorrência do roubo, ele foi desligado. O próprio prefeito Adriano Moreno, por telefone, fez questão de esclarecer isso: "não seria inocente de colocar uma raposa para tomar conta do galinheiro". O responsável pelo TI hoje é Maurício Azevedo. Fica o registro e nossas desculpas. Dizem que o rapaz é um excelente profssional e responsável. Portanto, diante disso, a decisão da prefeitura foi muito assertiva, que além de economizar, torna tudo mais transparente e colocou uma pessoa que tem qualificação e honradez para cuidar de uma área tão estratégica da gestão pública que são as publicações em Diário Oficial.

 

 

IMPASSE NA EDUCAÇÃO

Os servidores da Educação de Cabo Frio não gostaram nem um pouco da entrevista do secretário da pasta, Ian Carvalho, concedida a uma rádio local nesta quinta-feira (30). Ele afirmou que o ano letivo - que ainda nem começou, não será perdido e que adotará um sistema híbrido. Segundo Ian, as resoluções sobre o tema serão publicadas em breve. O SEPE Lagos, que já protestou nos últimos dias pelos pagamentos atrasados, relembrou que diversos profissionais da educação foram demitidos e que "sem gente, não tem rota", além do atraso no ano letivo de 2019 - algumas escolas ainda não finalizaram o período. Ainda conforme o SEPE, o secretário nunca se reuniu com a Comissão Municipal de Educação, que "nunca foi ouvida". O impasse na educação cabo-friense parece nunca ter fim...

 

 

INDIRETA?

O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (Cidadania), publicou um vídeo nas redes sociais que foi visto como indireta para o ex-secretário de Meio Ambiente do município, Marco Antônio. Nas imagens, Vantoil parabeniza o atual secretário da pasta, Vinícius Lavalle, por detectar a necessidade de atualização do cadastro junto a secretaria estadual do Ambiente e Sustentabilidade para garantir quase R$ 2,5 milhões de recursos para o município através do ICMS Verde. Segundo o prefeito, o prazo teve que ser estendido para que a documentação fosse enviada a tempo e o benefício não fosse perdido. A chapa esquentou entre Vantoil e Marco quando ele deixou a secretaria alegando que o prefeito nada fazia para diminuir a poluição na Laguna de Araruama. Agora, Marco Antônio é pré-candidato a vereador na base aliada à maior adversária de Vantoil, Grasiella Magalhães (PP). Indireta? Faz parte do jogo...

 

 

ENTRANDO NAS LIVES

Falando na ex-prefeita de Iguaba, ela também entrou de vez no mundo das lives, como forma de se comunicar com o seu eleitor, de olho nas eleições de novembro. Nesta quarta (29), Grasiella recebeu o deputado federal, presidente da Comissão Externa da Câmara para o Coronavírus e membro da executiva nacional do PP, Dr. Luizinho. Entre os assuntos, Magalhães tocou em pontos como o avanço da Covid em Iguaba, já que a cidade é, proporcionalmente, a que tem maior número de óbitos da Região dos Lagos. Luizinho defendeu que a falta de diagnóstico precoce seja uma das possíveis razões. Ele ainda defendeu que as prefeituras se preparem para a chegada da vacina e “não saírem comprando geladeira pros postos de saúde quando o preço estiver lá no alto”. No jogo da pré-campanha em meio a uma pandemia, Grasiella segue cercada de incertezas sobre o deferimento – ou não – de sua candidatura pelo TSE. Independente disso, ela vai aderindo à tecnologia para tentar se manter em evidência nesse momento tão controverso, em meio a pandemia. 

 

 

 

 

PAGAMENTO NA CONTA

O pagamento de todos os servidores da Prefeitura de Iguaba Grande já está na conta! Os depósitos referentes a julho foram efetuados nesta quinta-feira (30), em cumprimento com o calendário do município, de acordo com o prefeito Vantoil Martins. Quintou!

 

 

 

 

 

 

BRUNO NA CAPITAL

O presidente da Câmara e pré-candidato a prefeito de São Pedro da Aldeia, Bruno Costa, esteve nesta quinta (30) na capital do Rio de Janeiro, na companhia do fiel escudeiro, o vereador Naldinho Linhares, para se encontrar com o padrinho político de Brunão, o deputado estdual Vandro Família. Eles estiveram juntos na sede do Solidariedade, onde conversaram sobre o futuro da cidade, segundo Bruno nas redes sociais. "Vamos em frente porque este é o nosso trabalho. Estamos cada vez mais engajados na missão de buscar melhorias para São Pedro da Aldeia". Bruno também passou por um aperto danado há cerca de duas semanas. Chegou a ser internado em estado grave por Covid-19, mas já demonstrou que está prontamente recuperado e correndo atrás dos votos na cidade. Mas cuidado, hein, vereador? Não vai exagerar!

 

 

PARCERIA NA CULTURA

Nesta quinta-feira (30) o prefeito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho, e o Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante Paulo Renato Rohwer Santos, se reuniaram para discutir um termo de cooperação para fomentar atividades histórico-culturais no município. A proposta é valorizar a relação histórico-cultural do município aldeense com a Aviação Naval, por meio de um Plano de Trabalho Cultural Conjunto, chamado “São Pedro da Aldeia, a morada da Aviação Naval”. O calendário cultural vai incentivar atividades como exposições itinerantes na Casa da Cultura, visitas guiadas à Base Aérea Naval, a única do Brasil, com foco no Museu Aeronaval, também o único do país, e nas unidades operativas do local, entre outras ações. Chumbinho garantiu que está "muito contente com essa nova oportunidade, quem ganha é a população”.

 

 

PENHA & ANDRÉ

A presidente da Câmara de Araruama, Penha Bernardes (MB) fez um vídeo essa semana onde ela afirma que seria candidata a prefeita do município, mas abriu mão para se unir ao André Mônica (PL) e por isso, resolveu que vai tentar renovar seu mandato como parlamentar. Ela faz questão de destacar que André é ficha limpa e o coloca como um exemplo de político. Em depoimento firme ela declara: “Eu vi a necessidade de me unir ao André para juntos resgatarmos a nossa cidade”, disse ela. Diante dessa situação, a vaga de vice ainda está em aberto na chapa de Mônica e tem muita gente de olha nessa vaga e até forçando ganhar o espaço. Agora façam suas apostas de quem será o parceiro do candidato da oposição contra prefeita Lívia de Chiquinho (PP).

 

 

 

ALDIR BLANC EM ARARUAMA

A Prefeitura de Araruama publicou um decreto regulamentando a operacionalização do Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais do Município de Araruama-SMIIC/Ara. Através desse sistema, o município vai poder fazer o mapeamento de artistas, técnicos, trabalhadores, empresas e coletivos da cadeia produtiva dos campos da Arte e da Cultura em Araruama para recebimento da lei Aldir Blanc, que tem como objetivo o auxílio à profissionais e organizações culturais que perderam renda em razão da crise do coronavírus. O cadastro dos profissionais para o Mapa da Cultura da cidade deve ser feito através de formulário na internet.

 

 

INCENTIVO À CULTURA BUZIANA

Está tramitando na Câmara dos Vereadores de Búzios um projeto de lei que visa instituir o Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais (PRO-MAC). A proposta, de autoria do vereador Dom (PATRI) prevê incentivo fiscal ao contribuinte do IPTU – seja pessoa física ou jurídica - que destinar recursos financeiros para realização de projetos culturais ou diretamente ao Fundo Municipal de Cultura. Caso a lei seja aprovada, o contribuinte poderá utilizar o valor destinado ao patrocínio de projetos culturais para reduzir em até 100% o montante devido do IPTU. O PL foi encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Redação, onde será analisada sua constitucionalidade. "O Pro-Mac permitirá o aporte de recursos a projetos em áreas da cultura, como Artes Plásticas e Visuais, Circo, Cinema, Música, Dança, entre outras”, destacou Dom. Num momento tão difícil para os agentes artísticos no país inteiro, iniciativas como essa vem bem a calhar. Boa, Dom!

 

 

ENDURECENDO SEM PERDER A TERNURA?

Em transmissão realizada nas redes sociais nesta terça-feira (28), o prefeito Fabiano Horta (PT) fez um balanço das medidas de combate à pandemia de Covid-19 em Maricá ao longo de 130 dias. Em tom de alerta à população Horta abriu sua fala ressaltando que, apesar de a cidade ter tido comportamento exemplar, qualquer percepção de vitória sobre a Covid-19 se foi com os 81 maricaenses que perderam suas vidas para a doença. Para evitar que a população relaxe no cuidado com a doença, Horta declarou que enviou à Câmara Municipal um projeto de lei que endurece as punições a quem não usar máscara nas vias públicas, com advertência e multa para pessoas físicas e empresas que permitirem o acesso de pessoas sem máscara. Secretário de Relações Institucionais, João Maurício afirmou que a Prefeitura iniciará, no próximo fim de semana, a distribuição de 250 mil máscaras em locais de grande circulação de pessoas de Itaipuaçu, Inoã, São José do Imbassaí, Centro e Ponta Negra.

 

 

AGORA É LEI

A Lei 8.950/2020, que determina que autoridades policiais do Estado do Rio estão autorizadas suspender a posse, porte e registro de armas de fogo de pessoas denunciadas, indiciadas e réus em processos de violência doméstica e feminicídio durante a pandemia de coronavírus, de autoria da parlamentar Zeidan (PT), foi sancionada nesta quinta (30) pelo governador Wilson Witzel. De acordo com a norma, a arma de fogo deverá ser acautelada até o fim das investigações e trânsito em julgado dos processos. A apreensão das armas somente poderá acontecer após decisão fundamentada, da autoridade judiciária competente. Ainda segundo a lei, indiciados por violência doméstica terão suspensos os processos de análise de qualquer pedido, registro, concessão ou renovação de posse de armas.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias