BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA TERÇA-FEIRA (24)

Coronavírus: Em Cabo Frio, prefeito arrenda hospital particular para acolher futuros pacientes; Em Arraial, prefeito e secretário de Segurança Pública fiscalizam barreiras sanitárias; Chefe do executivo iguabense tranquiliza populaçao e dá entrevista ao vivo; Prefeito de Búzios faz vacinação nos bairros; Em São Pedro, Chumbinho intensifica medidas; Prefeita de Araruama é bola dentro e bola fora... E muito mais!


CABO FRIO ARRENDA HOSPITAL

Cabo Frio vai encampar o Hospital UniLagos (antiga clínica São Miguel) para acolher pacientes acometidos pelo Coronavírus. A informação foi dada em primeira mão à coluna pelo prefeito Dr Adriano (DEM), que na tarde desta terça-feira (24) deu entrevista ao vivo ao Portal RC24h e à rádio Costa do Sol FM (leia a matéria na íntegra). O município, que ainda não tem nenhum caso confirmado - mas tem 12 suspeitos, já tomou uma série de medidas de enfrentamento à pandemia, como suspensão de atividades comerciais, fechamento de acesso às praias, entre outros. Segundo Adriano, se a situação de contaminação for além do previsto, a carta na manga é transformar o ginásio Aracy Machado, no Portinho, em hospital de campanha. O prefeito falou ainda sobre outra disseminação: as fake news. A última foi que ele estaria doente e em casa, "em estado instável". E disparou: "Se fosse verdade estaria entubado, respirando por aparelhos. Até pra fazer fake não pode ser burro. Quem faz fake nesse momento tem que tomar vergonha na cara. Se estão querendo ocupar a prefeitura, espere a eleição e não crie situações fantasiosas. O que preciso nesse momento é da ajuda de todos".

 

 

 

VEREADORES MANDAM OFÍCIO

Uma reunião remota entre os vereadores de Cabo Frio terminou com a assinatura de todos os 17 edis em ofício conjunto encaminhado ao prefeito Dr Adriano com contribuições e indicações de medidas a serem tomadas pelo município enquanto durarem os efeitos da pandemia do coronavírus. Uma delas, inclusive, Adriano já assinalou positivamente, que foi o arrendamento do hospital UniLagos. Outras sugestões tratam da suspensão temporária de todas as licitações, dando total prioridade às compras de produtos e serviços da área da saúde ou que tenha relação com o combate do COVID-19; reajuste orçamentário; acordo com a Salineira para que profissionais da Saúde utilizem os ônibus gratuitamente quando estiverem exercendo suas funções; realização de compras emergenciais de insumos e EPI's e respiradores para o Sistema Municipal de Saúde, entre outras. Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.

 

 

 

CONTRIBUIÇÃO SALARIAL

O deputado cabo-friense Dr Serginho (Republicanos) protocolou projeto de lei na Alerj para que os deputados, secretários estaduais, vice-governador e governador abram mão de 50% do salário enquanto durarem os efeitos sanitários e econômicos da crise causada pela pandemia do coronavírus. O anúncio foi feito nesta terça (24), em vídeo nas redes sociais. Conforme o texto, a medida visa economizar essa verba e transferi-la para as ações de combate à disseminação do vírus. A iniciativa é na teoria, mas será que será posta em prática?

 

 

 

INCANSÁVEIS

Em Arraial do Cabo, o prefeito Renatinho Vianna (Republicanos) e o secretário de Segurança Pública, Bruno Monteiro, estão incansáveis na tentativa de evitar a disseminação do coronavírus no município. Na manhã desta terça-feira (24), a dupla foi conferir de perto a barreira sanitária montada na principal entrada da cidade desde o fim da semana passada. Lembrando que Renatinho foi o primeiro prefeito a decretar esta medida na Região dos Lagos. "E vai continuar desse jeito", disse o chefe do executivo cabista.

 

 

 

 

ENFRENTAMENTO EM IGUABA

Um quem também tem se mostrado incansável e linha dura quanto às medidas de combate à pandemia do coronavírus é o prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (Cidadania). Nesta terça (24), deu entrevista para a rádio Costa do Sol FM - e que foi transmitida ao vivo pelo Facebook (veja o vídeo abaixo). A cidade tem seis casos suspeitos e o chefe do executivo tem recorrido à rede social diariamente para pedir à população que fique em casa. Afirmou que o município está pronto para o enfrentamento, que a UPA já está sendo preparada para isso, com acesso exclusivo para os casos suspeitos e espaço para isolamento. "Temos respiradores e alugamos ambulância que será equipada com UTI completa. Já editamos três decretos municipais (suspensão de aulas, sugerindo medidas e recomendações; determinamos a suspensão de atividades comerciais, reuniões religiosas)", disse. E fez um apelo aos que, segundo Vantoil, querem tirar vantagem eleitoral ou fazer politicagem. "Estamos em ano eleitoral, mas não é hora de tirar proveito se beneficiando do pânico das pessoas. É momento de estarmos imbuídos de amor ao próximo".

 

 

 

 

NAS RUAS

Quem também está indo para as ruas diariamente é o prefeito de Búzios, André Granado (MDB), que desde segunda-feira (23) tem se reunido com a equipe de Saúde. Não só para orientar os trabalhos de enfrentamento ao coronavírus, como também está focado na imunização contra a gripe para idosos. Nesta terça-feira (24), aconteceu no bairro de Cem Braças o segundo dia da campanha "VacinAção em Casa". Todos responderam ao apelo de sinalizar suas casas com um objeto amarelo, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação. André, que é médico, novamente caiu em campo e vacinou vários idosos do bairro. 

 

 

 

ATIVIDADES SUSPENSAS

Ainda em Búzios, a presidente da Câmara, vereadora Joice Costa, divulgou vídeo nesta terça-feira (24), para avisar que suspendeu totalmente as atividades da Casa. As sessões ordinárias estão suspensas - sem prazo de retorno -, podendo, entretanto, ser convocadas extraordinárias em caso de necessidade. Além disso não haverá expediente de funcionamento por tempo indeterminado até a manifestação em sentido contrário. Os trabalhos internos dos departamentos, que já estavam sendo realizados em meio expediente e com revezamento, passarão a ser realizados em casa. "Neste momento, é de suma importância que obedeçamos às recomendações e decretos municipais: que nós fiquemos em casa, não colocando em risco nossos idosos, crianças e pessoas consideradas em situação de risco", argumentou Joice. 

 

 

 

'POLÍTICA SUJA'

Continuando no balneário buziano, o pré-candidato a prefeito Alexandre Martins (Republicanos) entrou em contato para desmentir um boato que tem circulado pelas redes sociais, dizendo que ele está com André Granado (MDB). Segundo o empresário, isso é desespero de adversário e a informação não passa de fake news para sujar sua imagem. "Não temos nenhum vínculo com o governo. Esse tipo de atitude mostra desespero, covardia e uma política suja de favores e esquemas. Uma triste realidade que precisa ser mudada! Não fazemos alianças que prejudiquem a nossa cidade", disparou Alexandre.

 

 

 

SOB NOVA DIREÇÃO

Uma resolução aprovada dia 18, pelo diretório nacional do PSDB, permitindo reunião virtual através de aplicativos como whatsapp, por causa da pandemia do coronavírus, garantiu uma intervenção no ninho tucano de Búzios. Com isso, o partido foi para Henrique Gomes, que é pré-candidato a prefeito e assumiu a secretaria geral do diretório municipal. Como o presidente da TurisRio, Thomas Weber havia declarado que também quer concorrer ao pleito desse ano pela mesma sigla, e que por isso, HG teria que disputar com ele as prévias, essa resolução deu uma brecha para jogar água fria nos planos de Weber. Henrique sempre foi o favorito do presidente estadual, Paulo Marinho. Então, com argumento de que o comando do PSDB de Búzios, Ricardo Howat, afronta as determinações da instância superior, pediram a intervenção imediata no diretório, o que foi acatado por unanimidade por aqueles que participavam do encontro virtual. Outro argumento usado como base para o pedido foi o fato de Thomas ter feito comentários considerados desrespeitosos ao falecido Gustavo Bebiano, nas redes sociais. O novo presidente do PSDB de Búzios é Aziel Vieira. Conversando com Thomas, ele lamentou dizendo que “é apenas um filiado, mas salientou que o diretório eleito até 2021 vai tomar medidas cabíveis na justiça”. Ou seja, ainda vai ventar muito nesse ninho dos tucanos de Búzios. 

 

 

 

INTENSIFICOU MEDIDAS

O prefeito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho (PP), redobrou os cuidados pessoais para evitar o contágio do coronavírus, mas não deixa de despachar na prefeitura. Nesta terça-feira (24), por exemplo, no período da manhã ele se reuniu com o Gabinete de Crise para o enfrentamento da Covid-19 e, no período da tarde, despachou com a secretária municipal de Saúde, Francislene Casemiro, e o secretário adjunto Bruno Soares. Na pauta, novas medidas para intensificação e prevenção. Embora até o momento o município aldeense não tenha nenhum caso confirmado da doença, já estão sendo tomadas ações para estruturação do Pronto Socorro Municipal ao atendimento de pacientes em casos graves. Além de aumento de equipe de profissionais da saúde, também haverá aumento de leitos com respectivos respiradores e um respirador volante. Em breve, o município também apresentará uma ferramenta que ajudará divulgar para a população, de forma rápida e prática, as informações preventivas e necessárias ao combate do coronavírus.

 

 

 

BOLA DENTRO

Em Araruama, a prefeita Lívia de Chiquinho (PP) determinou nesta terça-feira (24), dilatação dos prazos para pagamento dos impostos municipais, segundo ela, "pensando principalmente nos pequenos comerciantes e empresários de forma geral". Serão prorrogados IPTU, ISS, bem como as taxas de autorização de publicidade e de inspeção sanitária, entre 30 e 90 dias. "É uma questão de bom senso, nada mais justo", disse. Veja o vídeo:

 

 

 

 

BOLA FORA

Por outro lado, a prefeita araruamense parece não ter tido tão bom senso assim ao manter uma licitação milionária, realizada nesta terça (24), na prefeitura, onde se aglomeraram cerca de 30 pessoas, segundo denunciou a presidente da Câmara, vereadora Penha Bernardes (MDB). A licitação nem era para a área de Saúde. Conforme Penha, o processo era para compra de insumos de insumos de informática. Ela e o vereador Oliveira da Guarda (MDB) estiveram na porta da Prefeitura, de onde fizeram a denúncia. Veja no vídeo abaixo:

 

 

 

'BUSCA ATIVA'

Em Macaé, supermercados, farmácias e estabelecimentos comerciais com permissão de funcionamento, de acordo com o decreto municipal 039/2020, já recebem a visita das equipes que compõem a barreira sanitária instituída pelo prefeito Dr. Aluízio (PSDB) como medida de contenção ao contágio local do coronavírus. A "busca ativa" de pacientes com sintomas que indicam a infecção do Covid-19 (febre, tosse e dificuldade de respiração), reforça a estratégia de combate a disseminação da doença, e alcança locais que ainda registram a aglomeração de pessoas em Macaé. "Evitar o contágio do coronavírus é a única maneira de salvar a vida de todos nós. Precisamos reforçar a nossa proteção. Se cada um não fizer a sua parte, não haverá médicos, enfermeiros e leitos suficientes para oferecer o tratamento digno e necessário para todos nós", afirmou o prefeito, que nesta terça (24) avisou pelo twitter que também pediu ajuda ao Exército.

 

 

 

SITUAÇÃO EM SAQUAREMA

Além da questão do enfrentamento ao coronavírus, a prefeita de Saquarema, Manoela Peres (DEM), tem encarado dias difíceis por conta do filho que está internado. Nesta terça (24), quem se dirigiu à rede social para atualizar informações sobre o município foi o vice-prefeito Pedro Ricardo. Até o momento, não há caso confirmado: existe um caso suspeito e quatro pacientes com síndrome respiratória aguda. "Não há motivo para pânico. Queria pedir para vocês continuarem colaborando e seguindo os decretos da Prefeitura", disse. Veja o vídeo:

 

 

 

 

ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES?

A Câmara e o Senado estão recebendo três diferentes propostas de emenda à Constituição (PEC) para adiar as eleições municipais deste ano para 2022 e estender os mandatos de prefeitos e vereadores até 1º de janeiro de 2023. Pelas propostas, o pleito municipal seria realizado junto com os demais (deputados estaduais, federais, governadores, senadores e presidente). A partir daí, haveria só uma eleição geral a cada quatro anos. Uma das propostas é do deputado e candidato à Presidência em 2014, Aécio Neves (PSDB-MG), mas ainda não está pronta. As outras são dos senadores Elmano Férrer (Podemos-PI) e Major Olímpio (Podemos-SP) e foram encaminhadas na segunda (23). No Senado, para que a PEC comece a tramitar, é necessário apoio de 27 senadores. Para ser aprovada, uma PEC precisa do aval de três quintos da Câmara (308 dos 513 votos) e do Senado (49 dos 81 votos) e não passa pelo crivo da Presidência da República.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias