BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA QUINTA-FEIRA (3)

Escândalo da venda de alvarás abala Búzios; Adiamento da minirreforma eleitoral mina pretensão de candidatos de São Pedro e Arraial do Cabo ao pleito de 2020; Projeto de Lei Municipal da Inovação é entregue ao prefeito de Cabo Frio; Vantoil Martins fecha convênio para pavimentação e drenagem em Iguaba Grande; Prefeita de Araruama acompanha obras em bairro... E muito mais!


MAIS UM ESCÂNDALO

Como se já não bastasse a instabilidade político-econômica criada em função do entra-e-sai de prefeito, mais um escândalo pôs Armação dos Búzios na mira da polícia civil e Ministério Público. Foi realizada, nesta quinta-feira (3), operação que investiga suspeitos de cobrar propina em troca de alvarás falsos, o que detrata ainda mais a imagem do prefeito afastado André Granado (MDB), pois os crimes teriam sido cometidos quando ele esteve à frente do executivo. Houve mandado de busca na casa do ex-chefe de gabinete de André, Lorram Silveira, e o ex-secretário de Fazenda, Marcelo Chebor (imagem) foi preso por porte ilegal de arma. O fato reforça a noção de que se tratava de um governo eivado de escândalos de corrupção. O próprio promotor do Gaeco, que atuou na operação de hoje, explicou que o esquema funcionava enquanto André estava na cadeira de prefeito; quando era afastado, o esquema parava.

 

 

 

ATUAL GOVERNO DENUNCIOU

Quem denunciou o esquema foi o atual governo, comandado por Henrique Gomes (DEM), através do coordenador de Postura Allan Gayoso (imagem), figura apontada por Lorram como sendo o responsável pelas denúncias, as quais considera infundadas. Em nota, a Prefeitura de Búzios informou que foi a atual gestão que revelou as suspeitas do esquema à polícia, quando um contribuinte reclamou que não conseguia emitir uma nota fiscal eletrônica e se constatou uma fraude no documento. "Assim, por determinação do atual prefeito Henrique Gomes, deu-se inicio a investigação interna que levou à descoberta de mais falsificações e o caso encaminhado à polícia que deu prosseguimento à investigação". 

 

 

 

CONSPIRAÇÃO

Lorram Silveira se defendeu e fez até uma live no Facebook. Para ele trata-se de uma conspiração e diz que, além de tudo, foi ele quem implantou o Alvará Eletrônico para desburocratizar a vida das pessoas. E se vitimiza, dizendo que está à disposição da justiça para prestar esclarecimentos.

 

 

 

 

 

CÂMARA SE POSICIONA

A Câmara de Vereadores também se posicionou, pois Lorram Silveira é ex-vereador. A presidente da Casa, vereadora Joice Costa (PP), usou a tribuna nesta quinta-feira (3) e falou do caso, frisando que o legislativo não se refuta a toda e qualquer tipo de investigação. "Primeiro que Lorram não é vereador, ele esteve aqui como suplente, não foi eleito naquele momento. Quando o vereador Don se afastou, ele entrou. Hoje, o ex-vereador não está nesta Casa", afirmou a parlamentar, completando que a Câmara não vai deixar de acompanhar qualquer julgamento. "A Câmara é contra a corrupção", finalizou.

 

 

 

VEREADORA TINHA DENUNCIADO

Falando em Câmara, não é de hoje que a vereadora Gladys Nunes (PROS) vinha denunciando que havia esquema de corrupção dentro da fiscalização de postura, com emissão de alvarás não só para estabelecimentos comerciais e pousadas, mas até para ambulantes. Há cerca de dois anos, ela divulgou um áudio que vazou de uma ligação entre um agente de postura e um comerciante, onde o primeiro cobrava R$ 4 mil para que o trailer do segundo continuasse a funcionar numa das praias de Búzios. Na época foi o maior bafafá, o vídeo viralizou, mas não deu em nada. Em maio deste ano ela novamente denunciou (imagem), dizendo que a venda de alvarás existe há seis anos.

 

 

 

FECHOU COM DER

O prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (PPS), estava eufórico na tarde desta quinta-feira (3) ao conversar com a coluna, por telefone, do Rio, logo após sacramentar um convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de pavimentação e drenagem de várias ruas do município. A solenidade de assinatura foi com o próprio presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade. Esse momento era tão aguardado pela classe política iguabense, que o prefeito levou uma comitiva invejável para acompanhá-lo na assinatura do convênio. Estavam os secretários Paulo Rito (Obras) e Marcelo Durão (Esporte e Lazer), e os vereadores Marciley Lessa (PDT) - líder do governo, Zé da Água Viva (PSB), Adriano Tikinho (PP), Alan Rodrigues (PV) e Marcelo Costa (MDB). Agora vai. O povo não aguenta mais poeirão em dias de sol e lamaçal em dias de chuva, não é?

 

 

 

AGRADECIMENTO

Na solenidade, Vantoil fez questão de agradecer um por um pelo acontecimento. "Iguaba grande se sente honrada e muito feliz de participar da celebração de um importante convênio que certamente levará muitos benefícios à população da nossa querida cidade. Iguaba precisa de investimento na área de infraestrutura e as obras de pavimentação e drenagem com certeza colocarão a cidade em posição de destaque", frisou o prefeito iguabense.

 

 

 

 

ASSOREAMENTO

O secretário de Meio Ambiente de Iguaba Grande, Marco Antônio Mota, notificou a Prolagos para que a empresa possa prestar esclarecimentos referentes ao efluente líquido que extravasa da comporta na saída do Rio Salgado. Marco Antônio afirma que "isto vem causando transtorno ao município devido ao mau cheiro que fica no entorno local". A Prolagos recorreu, contudo a secretaria não aceitou o recurso da concessionária e manteve a multa de R$ 100 mil.

 

 

 

 

 

 

BARRADO NO BAILE

Andinho (MDB), que andava todo serelepe afirmando ser pré-candidato à prefeito de Arraial, certamente ficou muito decepcionado com o fato das novas regras eleitorais não valerem para a eleição de 2020, já que o Congresso adiou a medida que poderia abrir uma brecha para ele e outros candidatos considerados fichas sujas participarem do pleito. No entanto, muitos consideravam a euforia do ex-prefeito de Arraial puro blefe, já que ele teve as contas de sua gestão reprovadas na Câmara, o que já seria suficiente para torna-lo inelegível de uma forma ou de outra. O político chegou a ser desiludido pelo próprio advogado, o deputado estadual Dr. Serginho (PSL), que afirmou a Andinho que não existia viabilidade jurídica para uma possível candidatura, o que teria deixado o ex-prefeito furioso. Ou seja, não há recurso que dê jeito na questão de Andinho e agora cabe a ele, no máximo, apoiar algum candidato.

 

 

 

MALANDRO É O GUGA

Outro político da região considerado ficha suja que esperava uma brecha para concorrer em 2020 é Luciano de Azevedo Leite, o Guga de Mica (MDB), ex-vereador de São Pedro que planejava se lançar candidato a prefeito do município no ano que vem. Ciente de que seria pouco provável reverter a inegibilidade a tempo do pleito, Guga fortaleceu a imagem da esposa, a vereadora Bia de Guga (MDB), visando colocar ela à frente do projeto para disputa da Prefeitura. A estratégia de uma “candidatura conjunta” entre marido e mulher, onde um dos dois está inelegível, já foi adotada com sucesso por políticos em diversos municípios do Brasil, inclusive, em cidades da Região dos Lagos. É muito amor pela política envolvido!

 

 

 

OUTUBRO ROSA

A campanha do Outubro Rosa, de conscientização sobre o câncer de mama, também chegou à Câmara de São Pedro da Aldeia. Nesta quinta-feira (3), as servidoras estavam todas de camiseta rosa e foram homenageadas pelo presidente da Casa, vereador Bruno Costa (MDB). Na terça (8) haverá homenagem da Casa às Amigas da Mama do município aldeense.

 

 

 

MÃES ESPECIAIS

O secretário de Governo de São Pedro da Aldeia, Eron Bezerra, se reuniu pela segunda vez, nesta quarta-feira (2), com um grupo de mães de crianças e jovens especiais (que têm microcefalia, hidrocefalia, síndrome de Down e outras deficiências) para tratar da criação de um conselho específico, voltado a pessoas com deficiência e discutir demandas diversas de atendimento para essas pessoas. Nesse encontro de hoje também participou a secretária de Saúde, Francislene Casemiro, para tratar especificamente da parte que cabe à pasta, ou seja, como funciona o atendimento no centro de reabilitação, no CAPS e outras unidades, além de tirar dúvidas dessas mães. A área de Educação inclusiva também foi tema da reunião, bem como o acesso a programas sociais. Uma nova reunião está agendada para o dia 17 de outubro às 15h.

 

 

 

NOVO PROTESTO

Cansados de pedir pelas vias normais, ou seja, fazendo inúmeras solicitações à Prefeitura de São Pedro da Aldeia, que por sua vez apela ao Governo do Estado, os moradores do Porto do Carro vão fazer, mais uma vez, protesto na Estrada do Alecrim, principal via do bairro e que também serve de ligação entre o município e Cabo Frio. É tanto buraco por ali que mesmo a pé fica difícil de transitar. Quando chove então, é temeroso qualquer um passar pelo local. A Prefeitura se defende dizendo que para fazer tais melhorias era preciso apoio do governo do Estado. Enquanto esse apoio não chega - e pelo visto não vai chegar tão cedo - o povo sofre e a revolta come solta. A manifestação está marcada para a próxima segunda-feira (7), às 10h.

 

 

 

LEI MUNICIPAL DA INOVAÇÃO

O prefeito de Cabo Frio, Dr Adriano (DEM), recebeu hoje a minuta do Projeto de Lei Municipal da Inovação, que visa simplificar a relação entre as empresas e as instituições de pesquisas. A Lei federal existe desde 2004 e teve alterações em 2016 para que a legislação não fosse mais um dificultador para as atividades inovativas. A minuta é uma iniciativa da coordenadoria-geral de Ciência, Tecnologia e Inovação em parceria com a pasta de Desenvolvimento Econômico e o Vale do Sol. Conforme a coordenadora-geral de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bruna Knauft, a lei municipal vai regulamentar alguns pontos-chave de desenvolvimento da cidade, na questão científica e tecnológica, e até mesmo o fomento de startups e ramos de inovação. O encontro foi na Unopar e teve presença de representantes de universidades, empresários, instituições e secretarias que compõem o Vale do Sol, como é denominado o Ecossitema de Inovação de Cabo Frio.

 

 

 

PLANO DIRETOR

Como já é sabido, Cabo Frio está em fase de discussão do Plano Diretor Municipal, instrumento de desenvolvimento do município nos aspectos econômico, físico e social para o ordenamento da cidade. O secretário municipal de Desenvolvimento, Felipe Araújo, lembra que é de suma importância o engajamento de toda a população para a elaboração da nova lei. Os debates sobre o plano estão acontecendo no primeiro e segundo distrito de Cabo Frio durante todo o mês de outubro.

 

 

 

 

 

 

VISITA TÉCNICA

O coordenador-geral de Eventos de Cabo Frio, Clóvis Barbosa, e o coordenador-geral da Guarda Municipal, Jean Carlos, acompanhado do superintendente de Trânsito GM Timóteo, fizeram uma visita técnica nesta quinta-feira (3) na orla das Palmeiras, onde acontecerá o primeiro Festival de Frutos do Mar. Será semana que vem, de 10 a 13 de outubro, com muita música e barracas com pratos variados da estrela do evento. "Esse evento é mais uma prova que o governo busca conciliar o turismo com o desenvolvimento socioeconômico", disse Clóvis.

 

 

 

ASFALTAMENTO

A prefeita de Araruama, Lívia de Chiquinho (sem partido), passou parte da manhã desta quinta-feira (3) acompanhando a obra de drenagem e asfaltamento na Rua Washington Luiz, no bairro Jardim São Paulo. A Rua Domingos Moela também será contemplada. Segundo Lívia, a melhoria é mais um compromisso de seu plano de governo sendo colocado em prática.

 

 

 

 

A FAVOR DOS LOCUTORES

Diversos locutores que fazem propaganda no Calçadão do Centro e em outras lojas de Macaé protestaram com uma facha durante a sessão desta quarta-feira (2), na Câmara de Vereadores. A queixa é que a Coordenadoria de Fiscalização e Posturas da Secretaria da Fazenda restringe o trabalho deles alegando poluição sonora. A manifestação sensibilizou o legislativo. O presidente da Casa, vereador Eduardo Cardoso (PPS), negou o boato de que estaria retardando a tramitação do Código de Posturas no qual poderá ser feita a emenda que torne menos restritiva a fiscalização. "A matéria chegou a esta Casa dia 25 de setembro. Ela vai tramitar no tempo previsto pelo Regimento e nós vamos promulgá-la logo que aprovada". Os vereadores sustentaram que, independentemente do código, é importante possibilitar a atividade dos profissionais.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias