BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta quarta-feira (22)

Novos capítulos da balbúrdia buziana; Grasiella Magalhães na expectativa de reassumir a Prefeitura de Iguaba; Governador Wilson Witzel visita Arraial após ser pego na mentira; Mal entendido entre vereadores; Da cadeia para a presidência da Câmara; Hospital da Mulher de Cabo Frio segue interditado e tirando a paz do prefeito; E muito mais!


ALÉM DA IMAGINAÇÃO

O que está acontecendo em Búzios é para além de qualquer compreensão. Quando todos os limites parecem ter chegado, eis que se avança para o “além da imaginação”. O Juiz de Búzios, Dr. Raphael Baddini, se recusou a dar posse ao André Granado diante do recurso obtido por sua defesa na tarde de hoje, com a alegação que tramitam na comarca “mais de uma dúzia de demandas por improbidade administrativa contra Granado”. Conclusão, André, inconformado, decidiu sair do fórum e ir com seu advogado e grupo político direto para a prefeitura. Lá ele arrombou as portas para entrar no gabinete. As fotos mostram ele no interior da sede do poder municipal. O clima está cada dia pior na cidade. A vergonha já é alheia. Os moradores das cidades vizinhas assistem incrédulos tudo que vem acontecendo na política buziana. Triste realidade.

 

 

 

ARROMBOU OU NÃO ARROMBOU?

O chefe de gabinete de André Granado, Lorram Silveira nega que houve arrombamento de porta da prefeitura. Ele alega que havia um servidor dentro do prédio que abriu a porta para Granado entrar. Já Joãozinho Carrilho, secretário de Ação Social (de Granado) disse que a porta dos fundos do gabinete do prefeito estava aberta, por isso, conseguiram entrar. Entretanto o chefe de gabinete de Henrique Gomes, Robinho Motta, diz que houve sim arrombamento porque somente ele e o motorista do prefeito interino possuem a chave, e que saíram e trancaram a sede da prefeitura.Para piorar o imbróglio, Joãozinho Carrilho manda foto de uma chave e das portas sem marcas de arrombamento, embora tenha alegado inicialmente que a porta estava aberta, mas mostrou uma chave avulsa. Que situação, hein?! 

 

 

 

BALBÚRDIA BUZIANA

A novela política de Búzios parece estar longe de acabar. As promessas convictas de que André Granado retornaria ao cargo conforme ele mesmo disse na última sexta-feira (chegou a marcar coletiva no gabinete), se cumpriram. Na tarde desta quarta-feira (22), saiu a decisão devolvendo-lhe a cadeira. Henrique Gomes ficou surpreso. Quando soube, estava na Rasa atendendo. Entramos em contato para saber o que fará, ele disse que vai aguardar a notificação da justiça. Mas Henrique não negou o constrangimento que todo esse imbróglio causa: “a gente lamenta porque Búzios é conhecida internacionalmente e essa situação envergonha a todos nós buzianos”, lamentou. HG destacou ainda que vai permanecer tranquilo e que não tem apego ao poder: “quem tem apego é André que insiste em retomar o cargo a qualquer custo”, comentou HG. Já André, não atendeu aos chamados telefônicos. Todo esse quadro de instabilidade política na cidade poderia ser taxado de balbúrdia, aproveitando que a palavra voltou à moda. 

 

 

 

 

BALBÚRDIA BUZIANA II

Isso tudo lhe parece muito? Pois tem mais. Ligando para o chefe de gabinete de Henrique Gomes (DEM), Robinho Motta, eis que o mesmo revela o inusitado: o chefe de gabinete de Granado, Lorram Silveira, estava com ele no gabinete (da chefia de gabinete), às gargalhadas (pude ouvir ao telefone) de mala e cuia literalmente, esperando ansiosamente a chegada do Oficial de Justiça. Robinho comentou inclusive que estava almoçando quando recebeu telefonema de Lorram informando que André Granado conseguira a liminar. Mas Robinho não se fez de rogado: “André quer ficar mais algumas horas como prefeito. Mas logo virá outra decisão para ele sair”, disse Robinho em tom irônico. A situação foi mais que constrangedora. Que fase complicada vive o balneário mais charmoso do Brasil.

 

 

 

RETORNO DE GRASI?

Iguaba Grande vive uma enorme expectativa para o julgamento de um recurso impetrado pela ex-prefeita Grasiella Magalhães (PP) que pode trazê-la de volta ao cargo. A votação, feita de forma virtual pelos ministros do Supremo Tribunal Federal, será encerrada nesta quarta (22), e o resultado deve ser divulgado já na manhã desta quinta (23). Todo esse imbróglio mexe profundamente com o processo político de Iguaba Grande, em situação semelhante a que está acontecendo em Armação de Búzios, onde André Granado e Henrique Gomes vem se revezando no cargo de prefeito em uma verdadeira dança de cadeiras. Vale lembrar que Grasiella já havia sido afastada do cargo em 2017, quando foi acusada pelo Ministério Público de improbidade administrativa após uma investigação da Câmara do município que ficou conhecida como “CPI das Quentinhas”.

 

 

 

 

GOVERNADOR EM ARRAIAL

O governador Wilson Witzel prometeu visitar Arraial do Cabo amanhã, quinta-feira (23). Chega à cidade por volta das 14h. Virá de helicóptero e pousará no Barcelão. O prefeito Renatinho Vianna está confiante que dessa vez, ele não vai furar. Uma postagem de Renatinho anunciando a vinda de Wilson deu mais de 3 mil curtidas no Instagram. Depois do bolo que Witzel deu na comitiva de prefeitos no último domingo, a expectativa é grande amanhã. O Governador foi pego na mentira. Justificou furo dizendo que estava fora do estado. Mas depois ele mesmo postou fotos de Barra Mansa, o que gerou enorme revolta em toda Região dos Lagos. Por sinal, o governador foi flagrado em outra mentira que ganhou enorme destaque na grande mídia hoje. Disse que tinha uma pós-graduação em Harvard, mas a imprensa descobriu que não era verdade. O próprio Witzel assumiu o erro e prometeu corrigir o currículo na Plataforma Lattes.

 

 

 

 

MAL ENTENDIDO

Apesar do episódio inusitado da sessão de ontem da Câmara de Arraial do Cabo, em que o vereador recém empossado, Willian Luz (PT), pediu vistas no pedido de urgência da Secretaria de Assistência Social para o aluguel social para os desabrigados das chuvas, a questão foi resolvida pacificamente. Assim que soube que petista questionou o projeto, Ayron Freixo, secretário de Assistência Social, foi correndo à Câmara conversar com o vereador para entender as motivações dele. E depois de explicar, Luz se deu por convencido. Aliás, o questionamento chegou a ser oportuno, porque a mensagem enviada para votação continha um erro que foi corrigido pela Procuradoria na mesma hora. Willian ligou ontem de noite para esclarecer que em momento nenhum pediu vistas para implicar com o ex-amigo. Mas que tão somente julgava importante conhecer a proposta melhor: “quis o destino que minha primeira participação fosse para apreciar um encaminhamento de Ayron, mas minha intenção não era atrapalhar”, justificou Will. Ao final, depois de aprovado, os dois pousaram para fotos com pedidos de desculpas e agradecimentos por ambas as partes. Quem bom que tudo não passou de um mal entendido, afinal, as famílias que estão desalojadas, precisam da união de todos. 

 

 

DIRETO PARA PRESIDÊNCIA

E já que estamos falando da Câmara de Arraial do Cabo, o vereador Thiago Fantinha saiu da cadeia no último sábado (18), direto para assumir a presidência do parlamento cabista. E conforme havíamos antecipado aqui na Boca Miúda, ontem mesmo ele presidiu a sessão colocando em pauta o pedido de urgência do aluguel social. O vereador Cleiton (PRB) estava na presidência, mas nos corredores da casa, diziam que ele tinha pouco traquejo com o regimento interno. Agora passa a vice-presidente. Já Fantinha voltou com tudo. Vale lembrar que o vereador do PSC ficou preso sete meses acusado de participação em um homicídio na cidade. Esse é o segundo caso de vereador preso por homicídio na Região dos Lagos que retorna da prisão direto para comando do parlamento municipal. O primeiro caso foi Jeffinho do Gás, ainda no ano passado, em Iguaba Grande.

 

 

 

 

 

BANHO DE ÁGUA FRIA

A decisão do Conselho Regional de Medicina (Cremerj) de manter a interdição do Hospital da Mulher de Cabo Frio foi um verdadeiro banho de água fria no prefeito do município. Na segunda-feira (20), Dr. Adriano Moreno havia afirmado que boa parte das 16 exigências feitas pelo Cremerj já havia sido solucionada, além de garantir que as medidas que exigiam processos licitatórios já estavam em andamento. No entanto, na terça-feira (21), os membros do Conselho declararam que as principais exigências ainda não haviam sido atendidas, o que impossibilitava a reabertura da unidade, que é considerada a mais importante maternidade de toda a Região dos Lagos. Nesta quarta (22), o prefeito Adriano Moreno e o secretário de Saúde, Márcio Mureb, estiveram no Ministério Público prestando esclarecimentos aos procuradores sobre o funcionamento da Rede Municipal de Saúde, em encontro que começou às 16h e que não havia terminado até às 18h. A reunião não era para tratar especificamente sobre a situação do Hospital da Mulher, apesar da unidade ter sido o estopim da crise no setor e ainda render muita dor de cabeça ao governo. Pelo jeito, não adiantou o prefeito Adriano se banhar com um perfume de ervas para tirar o mau olhado. Das duas uma: ou a essência usada por ele é muito fraca ou a urucubaca que ronda o prefeito de Cabo Frio é muito forte.

 

 

 

 

PATRIMÔNIO PRESERVADO

Após mobilização dos vereadores Penha Bernardes (MDB), Valéria Amaral (PP), Gabriel Vargas (PDT) e Oliveira da Guarda (MDB), a fachada histórica da Casa de Caridade de Araruama não será mais descaracterizada pelas obras que vinham sendo realizadas no prédio. A decisão foi tomada pelo Juiz da 2ª Vara Cível, Dr. Rodrigo Moreira Alves, que acatou a ação ajuizada pelos vereadores no Fórum do município para preservação do imóvel do século XIX em caráter de urgência. Caso a prefeitura não cumpra a decisão de forma imediata, a prefeita Lívia de Chiquinho (PDT) poderá ser multada em R$ 500 mil, sofrer outras sanções legais cabíveis e ainda ser penalizada por ato de improbidade administrativa. Ainda de acordo com a decisão judicial, a ré (prefeita) e o Município devem cumprir a determinação de forma imediata e apresentar documentação que comprove o licenciamento da obra.

 

 

 

 

MARCANDO EM CIMA

E os vereadores de oposição Penha Bernardes (MDB), Valéria Amaral (PP), Gabriel Vargas (PDT) e Oliveira da Guarda (MDB) não pararam por aí. Nesta quarta (22), os edis fiscalizaram a Escola Carlos Leal, onde constataram várias irregularidades e situações que colocam em risco a integridade física dos alunos. Além de denunciarem nepotismo por parte da diretora, que teria encaixado a filha como funcionária, os vereadores também relataram que parte do teto está desabando, que o banheiro masculino se encontra em “estado de calamidade”, piso esburacado, freezers vazios, ventiladores sem grade de proteção, entre outros. Esse grupo anda dando dor de cabeça para a prefeita Lívia...

 

 

 

 

SEM MEDO

O secretário de Educação de São Pedro da Aldeia, Alessandro Teixeira informou que a situação das merendas das escolas do município já está normalizada. Ninguém mais está comendo pão com suco conforme denúncia dos vereadores. Aliás, Alessandro disse que não teme as CPIs na área da Educação que estão em andamento. Pelo contrário, revelou que acha salutar que vereadores fiscalizem. Inclusive, ele disse que publicou uma resolução que também coloca diretores das escolas como fiscais: “tem que fiscalizar mesmo. Isso é importante. Estou satisfeito com o trabalho dos vereadores. A fiscalização serve para ajudar o executivo”, destacou. Questionado sobre a reclamação dos membros da CPI, de que o governo não responde aos ofícios, ele destacou que existe um trâmite burocrático que precisa ser cumprido: “existem procedimentos que precisam ser cumpridos inclusive pelos parlamentares. A burocracia faz parte da administração. Até hoje não ficou claro se a Secretaria de Educação é réu ou testemunha nesse processo”, justificou esclarecendo que não se trata de recusa. 

 

 

 

 

CONVITE

Ainda sobre Alessandro Teixeira, ele foi sim cortejado por Dr. Adriano Moreno, tão logo o ex-secretário de Educação de Cabo Frio, Claudio Leitão anunciou que iria aderir à greve proposta pelo SEPE. Alessandro chegou a se encontrar na ocasião com Adriano, deu algumas dicas, fez uma análise do que estava acontecendo, mas revelou que não teve coragem de aceitar o convite: “não poderia deixar na mão o município que me abraçou”, disse ele. Alessandro é um técnico disputado na atualidade. Inclusive os sindicatos lhe têm muito respeito. Coisa rara nos dias de hoje. Secretaria de Educação é uma das piores e mais espinhosas pastas da gestão pública. Tarefa nada fácil e requer muito traquejo na administração.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias