Arraial do Cabo: Cais tem péssimo estado de conservação e apresenta riscos de segurança






Mesmo com projeto pronto para revitalização da marina de Arraial do Cabo, o cais continua operando em péssimo estado. Pescadores e barcos de turismo dividem o mesmo espaço sem segurança. Em 20 anos o cais da cidade não passou por uma grande reforma. A estrutura foi se deteriorando e hoje está sendo considerada um risco para a segurança dos turistas que dependem do lugar para embarcarem para os passeios de barco.


Em vários pontos da estrutura o reboco cedeu. Há rachaduras e fios da energia elétrica expostos. Os turistas caminham ao lado das redes de pesca e dos ganchos de amarrar embarcações. O único banheiro está em péssimas condições. O turista paga R$3,00 para ter acesso aos barcos. A Capitania dos Portos está exigindo melhorias de segurança e infraestrutura, caso contrário há risco de interditar a marina para o turismo náutico. São cerca de 450 embarcações, 300 são de barcos de passeio.


A alternativa apresentada pela Prefeitura era passar parte dos barcos de passeio para o pier flutuante na Praia dos Anjos. Mas, a obra apresentada em março ainda não saiu do papel. E a revitalização da marina também não tem prazo para começar. A Superintendência do Patrimônio da União informou que para liberar a obra é preciso resolver quem vai administrar o cais: Prefeitura ou Colônia de Pescadores. Só depois que isso for definido e aprovado por órgãos ambientais é possível fazer a liberação.
Categorias: Geral

Fotos da notícia




Outras notícias