Política

Projeto propõe dispositivos de segurança nos transportes públicos de Búzios

Imagens captadas serão direcionadas para uma central de imagens de monitoramento, a qual deverá ter contato direto com a Polícia Militar, Bombeiro e a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Serviços Públicos

Em: 19/10/2017 às 18:48:21
Da redação

A vereadora Gladys Nunes propõe, através do Projeto de lei 72/2017, que as empresas concessionárias e permissionárias do serviço de transporte coletivo de Búzios deverão gradativamente efetuar a instalação de câmeras de vídeo, GPS e botão do pânico em todos os veículos de transporte público. O Projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça e Redação na sessão ordinária de terça-feira (17) para ser analisado.

 

As imagens captadas serão direcionadas para uma central de imagens de monitoramento, a qual deverá ter contato direto com a Polícia Militar, Bombeiro e a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Serviços Públicos.“A identificação dos infratores, através do sistema de câmeras de vídeo, poderá diminuir ou mesmo coibir atos violentos, garantindo assim melhoria no serviço público de transporte.”, justifica a autora do projeto.

 

Conforme a proposta, as despesas com a implantação desses dispositivos correrão por conta das próprias empresas concessionárias e permissionárias de transporte coletivo. "O projeto em si trará melhorias para o sistema do transporte coletivo, sem afetar na lucratividade das concessionárias e sem afetar no valor das tarifas, pelo que não haverá consistência eventual de alegação de desequilíbrio contratual. Percebe-se que a implementação dos efeitos da presente proposição não redundarão em utilização de recursos públicos, haja vista que se trata de projeto que institui obrigação tão somente para o setor privado e não para os cofres públicos.", completa Gladys.

 

Se for aprovado o projeto, para o descumprimento desta lei, fica prevista a aplicação de multa diária com valores a serem definidos por Decreto do Chefe do Poder Executivo. E o Poder Público deverá regulamentar a Lei em 180 dias, após a publicação no Boletim Oficial.

 

Já o Requerimento de autoria da vereadora Gladys, solicitando a vinda do Secretário de Segurança Pública e Serviços Públicos Geraldo Barreiro Borges foi rejeitado por 4 votos a 1. O objetivo era obter esclarecimentos sobre assuntos referentes à pasta.


 Tópicos: Câmara Municipal de Armação dos Búzios,  Segurança nos transportes públicos,  Armação dos Búzios,  Dispositivo de segurança, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.