Cultura

Tradicional festival de esquete de Cabo Frio é adiado para 2018

Fesq conseguiu aprovação para captar recursos da Lei Rouanet em 2017, mas, sem espaço para as apresentações, organização decidiu adiar o evento pela primeira vez em 15 anos

Em: 04/10/2017 às 13:23:56
Da Redação*

A 15ª edição do Festival de Teatro e Artes de Cabo Frio (Fesq) não será realizado em 2017. Segundo a organização, o tradicional festival só poderá ocorrer no ano que vem por falta, principalmente, de um espaço que abrigue apresentações teatrais, já que o Teatro Municipal está fechado para obras.


Segundo Ravi Arrabal, um dos produtores do evento, o Fesq ainda sofre com a falta de patrocínio de empresas locais e regionais, que sempre investiam na realização do festival. "A crise influencia diretamente na produção de projetos culturais visto que as empresas diminuem o investimento e a política de editais às vezes não dá conta do volume de projetos inscritos", afirmou.


A falta de investimento para a edição deste ano coincidiu com a aprovação do Fesq para captar recursos da Lei Rouanet. Ainda segundo Ravi, o festival talvez pudesse ser feito com a captação menor do que a aprovada, mas o fechamento do Teatro Municipal foi determinante para o adiamento para 2018.


"Quando a aprovação saiu, o teatro já estava fechado. Quando foi anunciado que o teatro seguiria fechado para entrar em reforma e que só seria disponibilizdo ano que vem, notamos que o cenário não estava favorável e que era necessária uma alternativa. O projeto na Rouanet é para realização neste ano, mas prorrogável. Decidimos então prorrogar para o ano que vem".


Esta é a primeira vez, desde a sua estreia em 2002, que o Fesq não será realizado. Mas a edição de 15 anos, que foi inscrita e aprovada para a captação de recursos da Lei Rouanet, será maior que todas as anteriores, de acordo com Ravi.

 


Próxima edição


A organização, que, além de Ravi, conta com os produtores Yuri Vasconcellos e Pablo Alvarez, afirmou que o projeto aprovado estende o festival de 5 para 12 dias. Além das tradicionais esquetes, a próxima edição prevê espetáculos teatrais, teatro de rua nas praças da cidade, shows musicais, apresentações de circo e de dança, oficinas artísticas e debates.


"Todas as ações são de graça, além da transmissão ao vivo das apresentações do teatro na área externa. Essas são algumas das propostas da edição de 15 anos que estão no nosso projeto da Rouanet", disse Ravi.


A Prefeitura de Cabo Frio informou, por meio de nota, que o Teatro Municipal está recebendo melhorias na parte elétrica, iluminação, cobertura de piso, recuperação de cobertura, colocação de telha cerâmica, pintura e limpeza geral. A obra teve início em agosto, com o prazo de quatro meses, e terminará em dezembro.

 

*com informações do G1 Região dos Lagos

 

 


 Tópicos: Fesq Cabo Frio,  festival de esquete de Cabo Frio é adiado para 2018, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.