Política

Deputado Janio Mendes questiona reforço na segurança do Rio: 'para o interior nada?'

Em diálogo com o governador, o parlamentar, indignado, declarou ser um 'escárnio' o anúncio feito pelo secretário estadual de Segurança Pública, Roberto Sá. Ele aponta a necessidade de aumento do efetivo na Região dos Lagos, dando como exemplo o aumento do índice de criminalidade de acordo com matérias policiais

Em: 23/08/2017 às 15:14:03
Andréa Reys

O anúncio da realocação de 3 mil policiais militares das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPP) para área estratégicas do Rio - feito nesta terça (22) pelo secretário de segurança pública do Estado Roberto Sá - foi um alívio, em parte, para a população que mora na capital carioca. As mudanças começarão a ser implementadas em 15 dias, e o processo de reestruturação deve durar um mês. Mas aqui na Região dos Lagos a recepção não foi muito boa não. 


Com um efetivo atual de pouco mais de 800 PMs para darem conta das sete cidades (Cabo Frio, Arraial do Cabo, Búzios, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama e Saquarema), o índice de criminalidade teve aumento comprovado pelo ISP - o Instituto de Segurança Pública nos últimos anos; aumentou principalmente o número de crimes de homicídio e de tráfico de drogas.


O deputado estadual Janio Mendes classificou como "escárnio" o anúncio feito pelo secretário. Porque, além dos três mil PMs, há que se contabilizar mais 8.500 militares das Forças Armadas, 620 agentes da Força Nacional e 1.020 policiais rodoviários federais. Total: reforço de 13 mil homens para a segurança da capital e região metropolitana.


"E para o interior, nada?"


A reação foi imediata e assim que soube o parlamentar recorreu à rede social e grupos de whatsapp - que reúnem outros deputados e o próprio governador Luiz Fernando Pezão, para falar do assunto. Ele cobrou de Pezão a inclusão do interior nessa medida.


"Governador, aguardo com ansiedade que o interior possa ser incluído nas medidas de segurança, com reforço de policiais. Lamentavelmente, no anúncio do secretário, nenhum policial para o interior. Para a capital, tropas federais, reforço de UPPs. Enquanto isso, a bandidagem invade o interior... Tá complicado governador", disse Janio.


Entre os argumento, o parlamentar recorreu às matérias policiais divulgadas diariamente em nossa região e encaminhou ao governador. Várias delas foram printadas do Portal RC24h e encaminhadas a Pezão.

 

     


Segundo Janio, Pezão acenou com a possibilidade, mas nada concreto. "Estamos trabalhando no assunto, o governando acenou com a possibilidade, mas estou trabalhando a pressão com os deputados com base no interior", disse o deputado.

 

 

 


 Tópicos: Janio Mendes contesta reforço na segurança do Rio, 


Fotos







Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.