Educação

MACAÉ - Mais de 300 vagas disponíveis para cursos de capacitação de professores

Os cursos também são abertos a servidores municipais de outras áreas e aos cidadãos em geral comprometidos com os avanços da qualidade na Educação

Em: 16/08/2017 às 15:08:20
Da redação

A Secretaria Municipal de Educação de Macaé está com inscrições abertas para 315 vagas em nove cursos gratuitos destinados aos profissionais da área, como ferramenta de capacitação no ensino-aprendizagem, que busca levar à troca de experiências e melhores práticas educacionais em salas de aula. Os cursos também são abertos a servidores municipais de outras áreas e aos cidadãos em geral comprometidos com os avanços da qualidade na Educação.

 

O cronograma vai de agosto a dezembro e os cursos serão realizados no Centro de Formação Professora Carolina Garcia (CFCG), que funciona no Colégio Municipal Maria Isabel Damasceno Simão, no Centro da cidade; no antigo Cetep, também no Centro; e na Faculdade Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), na Cidade Universitária, Bairro Granja dos Cavaleiros. Os cursos são presenciais e de curta duração, com um total de 20 horas cada.

 

São oferecidos os seguintes cursos: “Neuroeducação: Neurociência e Aprendizagem”; “O Olhar para Aquele que Aprende – o Afeto como Instrumento Facilitador da Aprendizagem”; “O Afeto que Encerra um Olhar Contemporâneo no Amor”; “Desobediência Criativa: Arte como Ruptura”; “Patologização da Infância”; “Família, Escola e Fonoaudiologia Educacional”; “Arte Zero”; “Informática para Professores”; e “Mídias na Educação”.

 

Os interessados devem se inscrever no link: www.formacaomacae.wixsite.com/formacao. Só serão aceitas as inscrições feitas até cinco dias antes do início de cada curso; as posteriores ao preenchimento das vagas serão usadas como cadastro de reserva para uma nova edição dos cursos. A matrícula será efetivada, dentro do número de vagas, após a análise dos dados cadastrais e dos documentos pessoais de cada candidato.

 

No primeiro semestre, foram oferecidas 200 vagas em outros seis cursos. Neste segundo semestre, os cursos serão ministrados, respectivamente, por Ana Carolina Moda Nunes; Ana Cristina Carneiro Puppin de Faria; Gerson Dudus; Paulo Emílio Azevedo (que dará dois cursos); Alexandre Vasilenskas Gil; Luciana Aguilar da Costa; e Vanda Vasilenskas, que também ministra dois cursos.

 

A realização dos cursos é da Universidade Livre, da Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior, vinculada à Secretaria de Educação. Podem se inscrever quem tem Ensino Médio completo, apresentar a documentação exigida, com dados legíveis e corretos, e um e-mail válido por meio do qual será feita toda a comunicação com o aluno. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail unilivre.semed@gmail.com.

 

Endereços: Centro de Formação: 4º andar do Colégio Maria Isabel, à Rua Dr. Francisco Portela, 410, no Centro de Macaé. Cetep: Rua Alfredo Backer, 363. FeMASS: Bloco A, Rua Aloísio da Silva Gomes, 50, Bairro Granja dos Cavaleiros.

 

Agenda completa dos cursos:

1 – “Informática para Professores”.


No antigo Cetep.

15 vagas.

Duas turmas.

Turma 1: Cetep às terças-feiras;

22 e 29 de agosto;

5 e 12 de setembro.

Turma 2: FeMASS às quartas-feiras;

16, 23 e 30 de agosto;

6 e 13 de setembro.

Conteúdo: As tecnologias e o planejamento de aulas; Internet; Biblioteca nas Nuvens; Office Microsoft: Word, Power Point e Excel.

Professora: Vanda Vasilenskas – professora especialista em Tecnologias Educacionais pelo Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro). Mestranda em Educação Tecnológica pela Funiber e professora formadora do Ministério da Educação através do Proinfo.



2 – “O Afeto que Encerra um Olhar Contemporâneo no Amor”.

30 vagas.

Datas: às quintas-feiras,

14, 21 e 28 de setembro;

5 e 19 de outubro.

Conteúdo: O curso de divide em três partes, sendo o grupo dois o mais focado no módulo.

1 – Um ciclo de vídeo, com produções contemporâneas que falam do amor. Um filme por semana para ser discutido após a exibição.

2 – Um grupo de discussão sobre o conceito de amor no ocidente, através de textos de filósofos, psicólogos e outros cientistas sociais. Também através de um questionário formulado com os participantes e uma pesquisa aplicada por Internet.

3 – Uma oficina de criação em que serão produzidos textos/roteiros sobre formas do amor na contemporaneidade, com a criação de página de Facebook na qual serão postados vídeos/textos criados pelos participantes.

Professor: Gerson Dudus, mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ – 2004) e professor da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora. Tem experiência na área de Comunicação com ênfase em Jornalismo e Teorias da Comunicação, além de assessoria em Comunicação e Política. Coordenador do Projeto Língua do P, no Centro Macaé de Cultura (2016/2017).



3 – “Arte Zero”.

50 vagas.

Início: segunda-feira, 4 de setembro.

Conteúdo: Introdução ao tema, atos únicos de escuta e dinâmicas de aproximação: representações do (zero) e seu valor na arte contemporânea – entre o vazio e o conjunto de gente, a folha em branco e a construção do texto coletivo. O reconhecimento da desobediência como princípio ativo da criação: a serialização e o protagonismo: arte como ruptura e a invasão dos gestos proibidos no campus. Afetividade: corpo e palavra em pretexto e protesto; sistema linfático estético e as potências adormecidas despertadas.

Análise de performance: uma arte abaixo de zero e a polissemia evidente das justaposições entre os universos movimento e verbo: imagens e imaginários – representações. Plantando afetos – ações de desdobramento do curso.

Professor: Paulo Emílio Azevedo – professor, doutor em Ciências Sociais e mestre em Políticas Sociais. Recebeu diversos prêmios, como “Rumos Educação, Cultura e Arte”/Instituto Itaú Cultural, 2008, e “Nada sobre Nós em Nós”/Escola Brasil/Minc, 2011.



4 – “Desobediência Criativa: Arte como Ruptura”.

40 vagas.

Datas: às terças-feiras dias 5, 12, 19 e 26 de setembro; 3 de outubro.

Conteúdo: Exibição do filme “Arquitetura da destruição”, atividade prática, corpos desobedientes, arte como ruptura e ressignificação do objeto. Reflexões sobre a vida como obra de arte X atividade prática; sobre liberdade, desconstrução e sensação. Compreendendo por um lado a estética como campo privilegiado da ação humana e por outro a banalização recorrente do uso da arte como homogeneização das subjetividades e ou expressão de salvação ou contenção sutil. O curso aborda a percepção crítica dos seus conteúdos. Não, coincidentemente, refuta a tese inclusiva de projetos sociais e seus pares, bem como problematiza o uso das energias raivosas como possibilidade de abertura ao processo descrito como “conflito estético, desobediência e criação”. Portanto, a relevância do tema se faz numa dupla dimensão: simbólica e epistemológica.

Professor: Paulo Emílio Azevedo – professor, doutor em Ciências Sociais e mestre em Políticas Sociais. Recebeu diversos prêmios, como “Rumos Educação, Cultura e Arte”/Instituto Itaú Cultural, 2008, e “Nada sobre Nós em Nós”/Escola Brasil/Minc, 2011.

 


5 – “Patologização da Infância”.

40 vagas.

Datas: às quintas-feiras,14 e 28 de setembro; 19 de outubro; 9 e 23 de novembro.

Conteúdo: Saúde e doença como conceito; introdução à Psicopatologia e História da Psiquiatria; introdução às críticas do DSM V; e aspectos históricos e sociais da patologização da infância.

Professor: Alexandre Vasilenskas Gil – psicólogo formado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), mestre e doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Uerj (IMS/Uerj). Atua em Saúde Mental como psicólogo clínico concursado na Secretaria Municipal de Saúde de Macaé e supervisor clínico-institucional. Preceptor da residência interdisciplinar e representante do Conselho Regional de Psicologia (CRP05) no Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.



6 – “Mídias na Educação”.

30 vagas.

Datas: às quintas-feiras; 14 e 28 de setembro; 19 de outubro; 9 e 23 de novembro.

Conteúdo: Quem sou como professor e aprendiz, as chamadas gerações X, Ye Z. Por que usar tecnologias na educação: planejamento; softwares educacionais e mídias?

Professora: Vanda Vasilenskas – professora especialista em Tecnologias Educacionais pelo Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro). Mestranda em Educação Tecnológica pela Funiber e professora formadora do Ministério da Educação através do Proinfo.



7 – “Família, Escola e Fonoaudiologia Educacional”.

40 vagas.

Datas: às quintas-feiras, 14 e 28 de setembro; 19 de outubro; 9 e 23 de novembro.

Conteúdo: Fonoaudiologia Educacional; Onde a Fonoaudiologia se Insere no Cenário Educacional?; Relação escola, família e fonoaudiologia; a atuação fonoaudiológica na educação infantil; e reflexões e sugestões entre parceria escola-fonoaudiologia.

Professora: Luciana Aguilar da Costa – fonoaudióloga formada pelo Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos (2001). Fonoaudióloga da Prefeitura de Macaé, coordenadora dos Espaços de Convivência e Cultura do Programa de Saúde Mental de Macaé. Organizadora do curso de extensão em Heterogênese Urbana e TICS/EAD/Proinfo. Experiência nas áreas de Educação Infantil, Linguagem e Saúde Mental.



8 – “O Olhar para Aquele que Aprende – o Afeto como Instrumento Facilitador da Aprendizagem”.

30 vagas.

Datas: às quartas-feiras, 4 e 18 de outubro; 1º e 22 de novembro; 6 de dezembro.

Conteúdo: Desenvolvimento infantil; etapas de aquisição de linguagem; noções de neuroanatomia; a importância do afeto no desenvolvimento da linguagem e da aprendizagem.

Professora: Ana Cristina Carneiro Puppin de Faria –graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, em 2000).

 


9 – “Neuroeducação: Neurociência e Aprendizagem”.

30 vagas.

Datas: às quintas-feiras, 5, 19 e 26 de outubro; 9 e 23 de novembro.


 Tópicos: Macaé,  Secretaria Municipal de Educação de Macaé,  Cursos de capacitação,  professores, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.