Opinião

Colunista RC24h - Marcia Jeovani: Defesa Animal / Abandono Insensível

Problemas, desafios e soluções que envolvem o trato com os animais

Em: 10/08/2017 às 17:40:54
Marcia Jeovani

Só sabe o que é abandono

quem fica sem amor, sem amigo, sem dono.

(Valdívio Canhestro)

 

Falemos de outras vidas. Não de seres humanos, mas de outros seres vivos que, conosco, compartilham o precioso privilégio da existência.

 

Penso nos animais. E aqui, em particular, nos animais domésticos a alegrar tantas crianças, a dar fim à solidão de tanta gente, a ensinar as pessoas a terem elos, desenvolverem o senso do cuidado e da proteção, a estimularem formas de comunicação que extrapolam o diálogo da linguagem idiomática.

 

E pensando assim, tomei a iniciativa de encaminhar o Projeto de Lei que institui, no Estado do Rio de Janeiro, a Semana de Conscientização e Orientação ao Cuidado e Saúde dos Animais Domésticos, na primeira semana de outubro de cada ano — período em que serão promovidas e realizadas as mais diversas atividades educativas e culturais voltadas para as responsabilidades exigidas na posse de animais, além de divulgar a importância de cuidados preventivos em relação à saúde dos mesmos.

 

Desde 1998 é considerada crime, na Lei de Crimes Ambientais, a prática de abusos e maus tratos de animais silvestres ou domésticos.

 

Notamos, inclusive, que a prática do abandono de animais domésticos tem crescido nos grandes centros urbanos, como a cidade do Rio de Janeiro, pelos mais variados motivos, desde a mudança de residência até a constatação de uma doença que implica em gastos para o tratamento. No Brasil como um todo, por exemplo, o abandono de animais domésticos ultrapassa 30 milhões de casos.

 

Convém lembrar que, no tocante à saúde pública, cães e gatos abandonados podem contrair e transmitir doenças, como leishmaniose, além de causar acidentes nas vias automotivas ou ferimentos em transeuntes.

 

Um dos métodos mais utilizados para tentar conter o alto índice de reprodução de animais é a castração, medida preventiva que poderia ser ampliada com eficácia por iniciativa das autoridades municipais num controle de maior proximidade com o problema em si.

 

A conscientização sobre a posse responsável dos animais domésticos é um dos aspectos fundamentais da instituição dessa semana de conscientização. Para que o abandono seja evitado, faz-se necessária a devida orientação sobre a responsabilidade que implica ter um animal em casa. Crianças, jovens e adultos serão conscientizados a respeito de uma fórmula simples para essa e outras questões da vida: não basta ter, é preciso cuidar.

 

Acredito que tudo se relaciona com tal pressuposto essencial, tanto para os grandes desafios ecológicos com os quais lidamos hoje — e que tanto têm sido abordados pelos riscos que a perda dos bens naturais pode causar ao meio ambiente — quanto em relação ao cuidado que devemos ter com nossos animais domésticos.

 

Não basta ter, é preciso cuidar. Este é o mote principal dessa campanha de conscientização e orientação. Para que não mais ocorra o abandono insensível desses que são seres vivos como nós.

 

Como apregoava São Francisco de Assis, os animais são nossos irmãos de criação. Criados, como nós, por Deus. E porque criados pelo poder divino, também perfeitamente dignos do respeito humano.

 

Deputada Estadual Marcia Jeovani

 

 

 

*Marcia Jeovani é deputada estadual na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), ex-primeira-dama de Araruama e empresária. Muito atuante na Alerj, faz parte das comissões de Defesa dos Direitos da Mulher, de Saúde, de Obras Públicas, da Pessoa com Deficiência, Assuntos da Criança, Adolescente e Idoso, Cultura e Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira. 


 Tópicos: Colunista RC24h,  Marcia Jeovani,  Defesa animal,  Abandono insensível,  Opinião, 


Fotos







Notícias Relacionadas
Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.