Política

#15MinutosNoRC: Laura Barreto confirma desvio de R$ 52 milhões de 'verbas carimbadas ' da Educação de Cabo Frio

De acordo com secretária, levantamento em todas as tomadas de contas comprova o descontrole do governo anterior na administração das verbas com destinação própria

Em: 24/07/2017 às 16:57:25
Equipe RC24h

"Descontrole grande". Esta foi a expressão usada por Laura Barreto para definir a gestão de recursos da Secretaria de Educação de Cabo Frio, pela administração passada. Até o momento, em levantamento feito pela Controladoria da Prefeitura, foi detectado desvio de pelo menos R$ 52 milhões de verbas carimbadas, que são as que já tem destinação própria e, portanto, não podem ser usadas para outros fins.

 

De acordo com Laura Barreto, foi realizada uma auditoria interna na secretaria em que foi comprovado o desvio de recursos federais. "Entregamos relatório de gestão e a partir dele, em conjunto com a Controladoria Municipal foi feita uma tomada de compras, para investigar a destinação de três verbas específicas: Salário Educação, PNAE e Fundeb. Foi então que houve a constatação de que foram desviado para pagamento indevido de salários, ou seja, tirou-se dinheiro da Educação para pagar outras secretarias, R$ 32,5 milhões. Nos arrestos de contas feitos pela Justiça, foram retirados R$ 21 mil, que depois não retornaram para as contas. Foram desviados mais de R$ 4 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para pagamentos da COMSERCAF. Além disso, foram pagos com verba da Educação R$ 486 mil de precatórios, foram o R$ 1 milhão utilizados em pagamentos diversos", contou Laura Barreto.

 

Segundo ela, além dos desvios de verbas, vários bens da secretaria não foram encontrados, como por exemplo cumputadores que foram deixados apenas com a carcaça. Outros levantamentos estão sendo feitos e poderão comprovar desvio de verbas do PAC, destinados para a construção de creches e ainda o sumiço de pelo menos R$ 700 mil do programa Brasil Carinhoso, que prevê a compra de material para as creches. "Tinha pouco mais de R$ 900 mil e hoje estão na conta apenas R$ 200 mil", confirmou a secretária.

 

De acordo com Laura, a denúncia já foi feita aos Tribunais de Contas do Estado (TCE) e da União (TCU); além do FNDE, Câmara de Vereadores e os conselhos do PNAE e do FUNDEB. Os Ministérios Públicos Federal e Estadual também receberam a denúncia.

 

Veja a entrevista da secretária de Educação na íntegra:

 

 


 Tópicos: 15MinutosNoRC,  Laura Barreto,  Educação,  Cabo Frio, 


Fotos







Notícias Relacionadas
Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.