Boca Miúda

BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta sexta-feira (14)

Dos candidatos de Cabo Frio; Não quero brigar, diz Serginho; Festa Estranha em São Pedro; Oposição não para em Iguaba; Pezão saí de licença médica; A escolta de Chiquinho da Educação; E mais...

Em: 14/07/2017 às 18:13:05
Equipe RC24h

DOS CANDIDATOS DE CABO FRIO

A semana começou com a informação de que pelo menos onze nomes de Cabo Frio serão pré-candidatos a deputado federal. Mas com pegada para pleitear essa vaga, uns três e olhe lá. O comentário nas ruas é que a maioria se lança agora com objetivo de se valorizar, mas logo ali na frente, desiste e fecha com um mais forte. E nessa estratégia, quem (por enquanto) vem mostrando disposição para esse desafio, é Carlos Victor, Dr Adriano e Vanderley Bento. Carlos Victor que já tem experiência de campanha a deputado federal (quase se elegeu) e conta com o espectro de ser irmão prefeito Marquinho. Dr Adriano, acabou de participar de uma disputa para prefeito, por isso, está com a militância ainda agitada e lançou vídeo essa semana com pegada de que já abriu nicho e discurso; e Vanderlei. Bem... todos sabem que quando um Bento mete na cabeça que vem candidato, não se deve subestimar. Silas mesmo, nunca perdeu uma. Riram dele quando ousou vir candidato a estadual e está aí o resultado. E o filho Vanderlei, aprendeu o caminho das pedras direitinho. Muita água vai passar debaixo dessa ponte Feliciano Sodré...

 

 

 

 

 

“NÃO QUERO BRIGA”

Uma foto de Serginho Carvalho irritou bastante a juventude Renatista. Teve gente falando até que “se desencantou” com o vice. O imbróglio foi na Conferência de Assistência Social de Arraial do Cabo, em que Serginho fez uma foto ao lado de uns cabos eleitorais de Andinho. E a juventude PRB não curtiu. E desde ontem, afirmam que vão desembarcar da candidatura de Serginho a deputado estadual. “Ele ganha dois mas perde dois mil”, disse um revoltado, que prefere não se identificar. Os Renatistas recusam-se a dividir o mesmo espaço com (alguns) jovens do lado de lá. No Cabo, política é briga pessoal. E Serginho, tenta mudar isso, mas está complicado. Minimizando a repercussão, ele prefere falar que a “conferência foi um sucesso” e apela para a turma do ‘deixa disso’: “eu tenho uma excelente relação com meu prefeito e não vou deixar que estraguem isso de jeito nenhum. Cada um tem sua maneira de agir. Eu sou um homem de agregar. Estou tranquilo” disse ele querendo encerrar a polêmica. Resta saber a juventude de Renatinho também considera a questão encerrada.

 

 

 

 

 

 

 

FESTA ESTRANHA

“Festa estranha com gente esquisita, por isso, nunca me convidam e prefiro assim”, disparou o vereador Zezinho, único opositor na Câmara aldeense. Segundo parlamentar, ele vai cobrar do poder executivo uma explicação concreta sobre esse processo: “e não vai poder ser essa desculpa esfarrapada que deram ao Portal RC24h. Quero documentos e justificativas. A cidade está em crise e a festa dos 400 anos foi modesta para evitar gastos e agora aparece essa situação nebulosa. Me aguardem na próxima semana, vou acompanhar isso bem de perto e vou pedir o amparo do observatório público, declarou Zezinho. E tem mais, nesta tarde de sexta-feira (14), um oficial do Ministério Público esteve na Câmara entregando uma notificação.

 

 

 

 

 

 

 

SEM PAPAR

Os mosqueteiros de Iguaba Grande voltaram a entrar em ação. E desta vez, o alvo é o PREVIGUABA. Deram uma blitz surpresa. Foram recebidos pelo presidente da autarquia, Alan Simonacci, que prestou as informações solicitadas. Mas os vereadores saíram da reunião bastante preocupados: “Atualmente o Governo deve ao PREVIGUABA aproximadamente R$ 9 milhões. Um valor assustador! Segundo Simonacci, “a prefeitura estuda parcelar em duzentas vezes”, essa informação revoltou os opositores de Grasiella: “quase vinte anos pagando uma dívida que compromete gerações futuras??”, protestou o vereador Vantoil Martins. Essa mesma dívida com a autarquia, já foi objeto de duas CPIs, que estão sendo investigadas. Inclusive, o presidente foi ouvido pela polícia civil. O comentário na Praça Edyla Pinheiro é que na próxima segunda-feira (17), será a vez do Secretário de Fazenda, Rafael Teixeira depor.

 

 

 

 

 

 

 

ESCOLTA POLICIAL

Já em Araruama, os comentários nas redes sociais foram sobre a escolta policial de políticos da cidade. Internautas relataram nos grupos do Facebook, que viram o primeiro cavaleiro da cidade, Chiquinho da Educação e o presidente da Câmara, carlos Roberto Russo, passando pela Cical escoltados por um policial portando fuzil. Isso gerou grande discussão na rede social. A maioria dos internautas quer saber se há a necessidade da escolta fortemente armada para as figuras políticas. O problema deve ser o número de assaltos que a população vem sofrendo diariamente. Até a própria prefeita, em entrevista à rádio, chegou a dizer que a cidade não está segura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEPUTADA EM SÃO PEDRO DA ALDEIA

A deputada estadual, Marcia Jeovani, participou de audiência nesta sexta-feira (14) com o prefeito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho, na sede da Prefeitura aldeense. Demandas importantes do município foram apresentadas pelo chefe do executivo à parlamentar. O procurador geral, Dr. Cristiano Cavalcante e o secretário de Governo e Desenvolvimento Econômico, Eron Bezerra, também participaram do encontro.

 

 

 

 

 

 

 

 

COM O SECRETÁRIO DA CASA CIVIL

O vice-prefeito de Búzios, Henrique Gomes foi ao Rio de Janeiro, na quinta-feira (13), para reunião com o secretário da Casa Civil do estado, Christiano Áureo, para discutir diversas demandas de interesse do município.  Também participaram da reunião o secretário de saúde de Búzios, Fábio Waknin, o subsecretário de Serviços Públicos Alan, também a assessora da Casa Civil Estela Romano.

 

 

 

 

 

 

 

 

DE LICENÇA MÉDICA

O governador Luiz Fernando Pezão pediu licença médica e vai se afastar do governo por uma semana. Em postagem no Facebook ele explicou que o afastamento foi uma determinação médica. “Tenho que me afastar por uma semana, a partir do domingo, para cuidar da minha saúde. Muitas pessoas me perguntaram se esse afastamento está relacionado ao câncer que tive. Estou com uma síndrome metabólica, como descompensação do diabetes, e vou cuidar de algumas taxas. Durante esse período, o querido Francisco Dornelles estará à frente do Governo do Estado do Rio de Janeiro. E eu continuo pensando e trabalhando para encontrar saídas para a crise do RJ”, postou Pezão na rede social.


 Tópicos: Boca Miúda,  política,  Região dos Lagos, 


Fotos







Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.