Cabo Frio

Mulher vítima de explosão em Cabo Frio não resiste aos ferimentos e morre

Jovem teve 80% do corpo queimado; acidente ocorreu por causa de vazamento de gás e dois rapazes seguem internados. CEG Rio se manifestou sobre o acidente

Em: 10/07/2017 às 11:33:18
Da Redação

Uma mulher morreu e dois homens ficaram feridos em uma explosão por vazamento de gás na madrugada desta segunda-feira (10) no Jardim Olinda, em Cabo Frio. O acidente aconteceu depois que Letícia Carneiro, de 23 anos, ligou o interruptor de casa para atender ao chamado dos dois rapazes, Jeferson dos Santos, de 21 anos, e Juan Aragão, de 20 anos, que foram ao local para avisá-la do vazamento.


O Corpo de Bombeiros foi chamdo para conter o incêndio. Letícia foi levada para o Hospital Central de Emergências (HCE), de São Cristóvão, com cerca de 80% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos.

 

No fim da tarde desta segunda-feira, a Secretaria de Saúde de Cabo Frio, em nota divulgada à imprensa, informou que o jovem de 20 anos transferido para o Hospital Dom Pedro II, na capital. Já o ferido de 21 anos, segue internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle com estado de saúde estável.

 


Segundo a prefeitura, a Defesa Civil foi acionada por volta das 2h da madrugada desta segunda-feira (10) para verificar uma explosão de botijão de gás no local, um condomínio de 16 apartamentos, dividido em dois blocos e um deles está interditado. As famílias que moram no bloco onde ocorreu a explosão foram encaminhadas para casa de parentes.

 

 

A CEG Rio, concessionária de gás, emitiu uma nota sobre o ocorrido.

 

Sobre o acidente ocorrido na madrugada desta segunda feira, no apartamento 104 do prédio localizado na Rua Belgrado, 21, no bairro de Jardim Olinda, em Cabo Frio, cujas causas estão sendo apuradas pelas autoridades competentes, a Ceg Rio lamenta o ocorrido e se solidariza com as famílias das vítimas.

 

O fornecimento de gás natural canalizado para o prédio foi interrompido por medidas de segurança e, no momento, as causas do acidente estão sendo investigadas. Apenas após a perícia técnica será possível identificar a causa.  A Ceg Rio está à disposição e colaborando com as autoridades.

 

A Ceg Rio também esclarece que desde que iniciou o fornecimento de gás canalizado, sua central de emergência não recebeu ligações relatando cheiro ou escapamento de gás nesse período.

 

Importante registrar que, apesar do fornecimento de gás canalizado estar ativo para o condomínio, foi encontrado um botijão de gás dentro do apartamento 104, no qual houve o acidente. Essa situação está em desacordo com os artigos 143 e 144 do Código de Incêndio e Pânico, decreto 897/1976. O artigo diz: “Nas edificações dotadas de instalações internas situadas em ruas servidas por gás canalizado não será permitida a utilização de gás em botijões ou cilindros.”

 

A Companhia informa que está à disposição dos moradores do Condomínio, por meio de sua central de emergência que funciona pelo número 0800-240197.

 


 Tópicos: morre mulher vítima de explosão,  Cabo Frio, 


Fotos







Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.