Política

TCE determina redução da tarifa de transporte público no Estado do Rio, com exceção da capital

Prefeitos dos 91 municípios envolvidos e Governo do Estado receberão comunicado do TCE determinando a revisão. Capital não entrou na decisão por já ter um processo em trâmite.

Em: 27/06/2017 às 17:24:29
da Redação*

O Tribunal de Contas do Estado do RJ (TCE-RJ) determinou no plenário da Corte de Contas, da última quinta-feira (22), que os prefeitos de 91 município façam uma revisão do cálculo das tarifas de transporte público para reduzir a passagem. A decisão, no entanto, não contempla a capital é jurisdição do próprio TCM.

 

Em nota divulgada nesta terça-feira (27), o conselheiro substituto Marcelo Verdini Maia reafirmou o interesse coletivo pela redução das tarifas. "A alteração tarifária de transportes públicos coletivos, a fim de reduzir seu valor, é de interesse de toda a sociedade fluminense e a manutenção injustificada de preços superiores aos realmente devidos é de difícil reparação aos cidadãos efetivamente lesados", explicou.

 

Segundo o órgão, a determinação do TCE-RJ atende a uma preocupação do Ministério Público Estadual. As prefeituras e órgãos estaduais que já fizeram a aplicação da desoneração sobre as tarifas de transporte público não precisam se preocupar. Os que não fizeram deverão fazer. O cumprimento desta determinação deverá ser fiscalizado em futuras auditorias do TCE-RJ.

 

Não há prazo fixado, neste momento, para que elas aconteçam, mas, futuramente, as prefeituras que não se enquadrarem poderão sofrer punições.

 

Em uma reunião quinta-feira, Verdini relatou um processo em que foi apreciado um comunicado do Ministério Público Estadual alertando para a edição de leis federais que promoveram uma desoneração fiscal nas cobranças de PIS e Cofins para empresas de transporte público coletivo.

 

Desta forma, afirmou o TCE, quem não levou a nova legislação (leis 12.860/13, 12.783/13 e 12.844/13) em consideração para fins de cálculos de atualização tarifária terá que inserir os descontos nas planilhas.

 

O conselheiro substituto determinou ainda o envio de ofício para a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) e para a Secretaria Geral de Controle Externo do TCE, solicitando que seja avaliada a possibilidade de que o assunto seja inserido no Plano Anual de Atividades de Auditoria Governamental.

 

Além dos 91 prefeitos envolvidos na decisão, o Governo do Estado também irá receber o comunicado do TCE determinando que seja feita a revisão das tarifas do transporte público.

 

*Fonte: G1


 Tópicos: tarifa de transportes,  Estado do Rio, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.