Boca Miúda

BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta sexta-feira (19)

O processo e o impeachment contra André Granado; MP na cola da Prefeitura em Iguaba; Prefeitos preocupados com a situação política do país; Projeto de segurança em Araruama; e muito mais...

Em: 19/05/2017 às 17:46:58
Equipe RC24h

PROCESSO DE ANDRÉ ANDOU

O Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral, remeteu o Recurso Contra Expedição de Diploma Nº 28-38.2017.6.19.0000, cujos réus são o prefeito e vice de Búzios, André Granado e Henrique Gomes, para a desembargadora relatora do processo. No parecer, o procurador Sidney Pesson Madruga, se manifestou contrário ao pedido de assistência feito pela defesa de André e ainda pediu prioridade no julgamento, tendo vista que Granado está à frente do Executivo de Búzios, há cinco meses, mesmo condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. O MPE pede a cassação do registro do prefeito buziano. Lembrando que Dr. André governa sob efeito de uma medida liminar.

 

 

MAIS UM PEDIDO DE IMPEACHMET

Na quinta-feira (18), o blogueiro Luiz Carlos Gomes da Silva e o ex-vereador Flávio Machado apresentaram no setor de Protocolo da Câmara de Búzios, o pedido de impeachment do prefeito André Granado, baseado na denúncia de que o chefe do Executivo vem renovando contratos oriundo de licitações fraudadas no primeiro mandato, conforme apontado no Relatório Final da CPI do BO. “Esperamos que o presidente da Câmara de Vereadores de Búzios acolha nossa denúncia e que seja instaurada uma comissão processante para apurar a infração político-administrativa prevista no art.4º, IV, do Decreto-Lei nº 201/1967 que consiste em ‘retardar a publicação ou deixar de publicar as leis e atos sujeitos a essa formalidade’, destaca Luiz Carlos, um dos requerentes da CPI. 

 

 

MP EM IGUABA

Já em Iguaba, o comentário foi que agentes do Ministério Público estiveram em unidades e no posto de saúde da cidade, pedindo a identificação e as matrículas dos servidores.  A informação foi confirmada por vários funcionários. Além disso, o pouso de um helicóptero no campo de futebol do município, de onde saíram dois homens vestindo ternos, também chamou a atenção dos moradores. Na Praça Edyla Pinheiro, a fofoca é que, toda vez que chega um helicóptero na cidade, é bomba na certa. E por falar no bate papo da praça mais movimentada de Iguaba, por lá, os últimos escandalosos acontecimentos nacionais também foram debatidos nas rodas de conversa. O que os comentaristas políticos de plantão não deixaram lembrar foi que a prefeita Grasiella Magalhães tem “miguxos” muito estranhos, dentro do contexto atual. São eles: o deputado federal, Júlio Lopes, e o próprio Aécio Neves, sem falar de Eduardo Cunha, com quem Grasi já fez questão de tirar fotos e declarar apoio. Pois é, na política é assim....

 

 

 

 

VOLTAMOS A ESTACA ZERO

Ainda nessa onda de delações, envolvendo o presidente Michel Temer e Aécio Neves, os prefeitos da Região dos Lagos têm manifestado preocupação com a situação política e econômica do país. O primeiro é o de Cabo Frio, Marquinho Mendes. Muita verba a Prefeitura tem expectativa de receber dos ministérios da Cidades, Cultura, Esporte e Turismo. Marquinho disse o seguinte. “Estou assustado, aliás todos os cidadãos estão. Voltamos à estaca zero. Essa situação leva a uma alteração significativa que compromete o futuro do país e principalmente da Região dos Lagos. Ninguém aguenta mais essa indefinição. O prefeito de Cabo Frio lembra que todos os investimentos que ele foi buscar em Brasília estão parados até que toda essa situação passe. Ainda sobre o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), não há novidades, já que na sexta a Justiça não trabalha, na segunda também não, portanto, novidades só mesmo após terça-feira (23). Para finalizar, Marquinho diz que segue trabalhando firme para ver se consegue segurar as pontas por aqui.

 

 

 

 

 

QUEM SOFRE É O CIDADÃO

Já o prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Vianna, também está preocupado com a instabilidade política do país. Para ele, quem mais sofre com essa situação é o povo e quem está nas pontas, que no caso são os municípios que mais sentem esse reflexo. Assim como o prefeito de Cabo Frio, o de Arraial também tem buscado ajuda em Brasília. “Espero que isso não prejudique mais ainda os municípios, principalmente os do Rio de Janeiro, em especial Arraial do Cabo. No mais seguimos aguardando que tudo se resolva e dê certo”, disse Renatinho. E por falar em Arraial do Cabo, o Balanço Geral da Record foi apresentado diretamente da Praia Grande, nesta sexta-feira (19). O apresentador Alexandre Tadeu veio de Campos para conduzir o telejornal. O entrevistado foi o prefeito, Renatinho Vianna, que mesmo debaixo de chuva, foi para a Praia Grande responder todas as perguntas de Tadeu.

 

 

 

 

 

 

INCERTEZA TAMBÉM EM SÃO PEDRO

As incertezas políticas acertam em cheio São Pedro da Aldeia. O município contava com verba do Ministério da Cultura para reformar o Teatro Municipal Dr. Atila Costa, transformando o espaço no maior polo cultural da região, conforme tinha anunciado o secretário de Governo de Chumbinho, Eron Bezerra. Mas, após os últimos escândalos, mas com a renúncia do ministro da cultura, Roberto Freire, que deixou o governo Temer na quinta-feira (18), o plano aldeense acabou indo para a gaveta.

 

 

 

 

 

 

PROJETO NOVO OLHAR

O deputado estadual Janio Mendes está muito feliz com a vinda do Projeto Novo Olhar, da Fundação Leão XIII Itinerante, para Cabo Frio. Neste sábado (20), das 10h às 16 horas, no Ciep do Jardim Esperança, serão oferecidos exames e óculos gratuitos, para pessoas com idade acima de 40 anos, com renda comprovada de até dois salários mínimos. Para fazer o exame, a pessoa deve apresentar os seguintes documentos: CPF, Identidade e comprovante de residência.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEGURANÇA JÁ

Na audiência pública realizada na Câmara ela não foi, mas nesta semana, a prefeita de Araruama, Lívia Bello, enviou para a Casa Legislativa o projeto de lei contemplando o programa "Araruama Segurança Já!", que prevê a premiação mensal dos 20 melhores policiais civis, militares e guarda civil, em ação através do cumprimento de metas de combate à criminalidade.  Na nota que ela postou no Facebook, Lívia não explicou como será a premiação, mas provavelmente deve ser remunerada. Na Praça Antônio Raposo, a pergunta nesta sexta-feira (20) foi: mas a cidade não passa por séria crise financeira? Bem, mas quando se trata de segurança pública, todos os recursos devem ser aplicados para manter a seguridade do cidadão devem ser aplicados. Então tá!


 Tópicos: Boca Miúda,  política,  Região dos Lagos, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.