Comportamento

Colunista RC24h - Kakáh Federico: O ciclo menstrual e o treinamento físico da mulher

Em: 18/04/2016 às 15:11:28
Kakáh Federico*

Não é de hoje que as salas de musculação deixaram de ser território exclusivamente masculino, e felizmente, homens e mulheres dividem espaço e o benefício que a atividade proporciona. Porém há de se considerar as diferenças entre homens e mulheres na hora da prescrição dos treinos, dentre tantos outros pontos que temos que levar em consideração, um deles, É O PERÍODO MENSTRUAL.


O que ocorre na realidade, e há uma variedade de estudos que demonstram isso, é que as alterações fisiológicas cíclicas, normalmente com duração de 28 dias, afetam o rendimento das mulheres na atividade física, embora algumas não sintam tais alterações, a grande maioria, sim, apresenta mudanças no rendimento da atividade física nos diferentes ciclos da menstruação.


Isso tudo ocorre porque o ciclo menstrual é controlado por hormônios (estrógeno e progesterona) que tem função reguladora e desta forma alteram a capacidade do corpo para a realização do treino físico, assim como alteram a sensação de fome, irritabilidade etc.


- Fase Menstrual ou de Fluxo (1º ao 5º dia): Há redução de força e da resistência. Capacidade para treinamento: Baixa

- Fase pós-menstrual (6º ao 12º dia): Há aumento da força máxima, por isso é considerado o maior período anabólico. Capacidade para treinamento: Alta

- Fase Ovulatória (13º ao 14º dia): Há diminuição da capacidade de força e aumento da resistência. Capacidade para treinamento: Média

- Fase Pós-Ovulatória (15º ao 25º dia): Melhor resistência, capacidade de desenvolvimento de força é menor.Capacidade para treinamento: Média

- Fase Pré-Menstrual (26º ao 28º dia): Capacidade para treinamento: Baixa


Na prática, significa pegar pesado entre o 6º e o 14º dia do ciclo. A partir do 15º até o 28º dia do ciclo, o treino muda, passando para mais repetições com menos peso. E não é só isso, o tempo de descanso entre as séries também muda nos casos citados. O mesmo vale para os dias em que a mulher está menstruada, onde se tem outro tipo de treino (atividade de manutenção). No dia de dor intensa, devido ao desconforto da cólica que algumas mulheres passam, recomenda-se repouso, até porque treinar com dor não é recomendável em nenhuma situação! Para se ter um treino de musculação com qualidade, não se pode deixar de lado essas variações hormonais que afetam diretamente qualquer atividade física.

 

Resumindo: estar "NAQUELES DIAS" não é motivo nenhum para você faltar aos treinos!! Lembrando sempre que as variáveis do treino devem respeitar as condições individuais de cada um e que somente um professor formado pode prescrever um treino com segurança.

 

 

*Kakáh Federico é profissional de Educação Física (UFRRJ), proprietária da Academia Vibe Gym, Pós Graduada em  Medicina do Esporte e da Atividade Física (UGF/RJ). Membro efetivo do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE).


 Tópicos: comportamento,  Kakáh Frederico, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.