Política

Pezão sanciona Lei Angelina Jolie, da deputada Marcia Jeovani

Após reunião com o vice-governador Francisco Dornelles, parlamentar agradeceu na rede social

Em: 26/08/2015 às 18:45:19
Da Redação

O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) sancionou, nesta quarta-feira (26), a Lei Angelina Jolie, que determina que exames de detecção de câncer sejam feitos gratuitamente na rede pública de saúde do estado.


Proposta em abril pela deputada Marcia Jeovani (PR), a medida prevê que o procedimento possa ser pedido por mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou de ovário. Em média, o exame custa R$ 6 mil na rede privada de saúde.


O exame tornou-se conhecido depois que a atriz americana Angelina Jolie retirou, em 2013, as mamas por meio da mastectomia preventiva por ter probabilidade genética de 87% de desenvolver câncer. Este ano, ela retirou as trompas e os ovários.


A novidade foi postada em primeira mão pela própria deputada, em sua página pessoal do Facebook, logo após sair de uma reunião com o vice-governador do Estado, Francisco Dornelles.


"Quero agradecer a audiência e recepção do Vice-Governador Francisco Dornelles, que me recebeu em seu gabinete na tarde desta quarta-feira no Palácio Guanabara. Aproveitei a oportunidade para deixar o meu agradecimento ao Governador Pezão por ter sancionado a Lei Angelina Jolie, de grande relevância para a saúde preventiva das mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou ovário no estado do Rio", disse a parlamentar no post.

 

De acordo com a lei, o exame terá que ser requisitado por um oncologista, geneticista ou mastologista e ressalta que a lei não é um incentivo à mastectomia. Será necessário também apresentar laudo com histórico familiar de câncer de mama. A doença tem que ter sido diagnosticada antes dos 50 anos de idade em dois parentes de primeiro grau ou três parentes de segundo grau, enquanto o paciente que vai passar pelo exame deverá ter até 40 anos.


"Antes, ninguém ouvia falar deste exame. Quando surgiu uma atriz rica, bonita e famosa todo mundo questionou. Falaram: 'É excêntrica, é isso, é aquilo', mas vendo mais a fundo viemos a saber que ela fez exame porque já tinha perdido a mãe e tinha grande possibilidade de ter a doença. Achamos por bem que a le itivesse o nome da Angelina", disse Marcia Jeovani.


Antes mesmo de ser sancionada, a Lei Angelina Jolie deu visibilidade à deputada estadual, que foi mencionada como exemplo em um artigo da Veja Rio. Há ainda informações, não oficiais, que os assessores da deputada estariam tentando fazer contato com a produção da atriz norte-americana que deu nome à lei, para uma possível vinda dela à região.


 Tópicos: Lei Angelina Jolie,  sancionada,  Marcia Jeovani, 



Fotos





Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.