CULTURA / São Pedro da Aldeia promove Feira Literária até dia 31 de janeiro

Evento está sendo realizado na Praça Hermógenes Freire da Costa, na Praia do Centro, das 16h às 23h


Até o dia 31 de janeiro, a Praça Hermógenes Freire da Costa, no Centro de São Pedro da Aldeia, sedia a Feira do Livro “Maria Lê / Maluco por Leitura”. No local, a população pode adquirir livros a preços populares, das 16h às 00h, todos os dias. Cerca de 40 mil títulos dos mais distintos gêneros literários estão disponíveis para venda no local. O projeto tem como objetivo incentivar a leitura e proporcionar entretenimento para o público.

Além dos estandes de venda, o espaço conta ainda com exposição de obras e noites de autógrafo com a participação de escritores locais e de fora do Estado. Como parte do projeto, uma tenda foi montada no anfiteatro da praça para a realização de encontros literários, oficinas e apresentações culturais de música, teatro, canto e dança aos finais de semana. A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura aldeense.

Presente no primeiro dia de feira, a secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, destacou a realização da Feira do Livro na cidade. “Nós recebemos esse projeto de braços abertos porque acreditamos que incentivar a leitura é aperfeiçoar e renovar a mente. Ler é a melhor forma de viajar e abrir os horizontes de uma forma muito prazerosa. É o momento de deixarmos o celular e as tecnologias de lado para estarmos imersos nessa grande viagem. Estamos dando todo o apoio à essa iniciativa e queremos divulgar esse trabalho, que vai ficar até o final de janeiro. É mais um atrativo para a nossa cidade, principalmente nesse período de férias e alta temporada. Esperamos que todos venham visitar e se divertir. Está tudo muito bonito e organizado para atender as famílias, de crianças a adultos, com preços muito acessíveis e livros para todos os gostos”, disse.

Montada em um espaço de 200 m², a feira oferece livros a partir de R$ 1 com gêneros que variam entre literatura infantil, juvenil, nacional, estrangeira, biografias, poesias, religiosos, best sellers e outros, além de pacotes promocionais e lançamentos. Como parte do projeto, uma tenda coberta de 100 m² foi montada no anfiteatro da Praça para a agenda cultural no decorrer da feira, com a participação de artistas locais e de toda a região e colaboradores do projeto. As atrações na praça estão previstas para ocorrer de quinta a domingo, no período noturno. Na próxima segunda-feira (31), em virtude do Réveillon, o horário de funcionamento da feira será reduzido, das 16h às 21h. A equipe do projeto é composta por 12 funcionários e os pagamentos podem ser efetuados no dinheiro, cartão ou vale cultura.

Idealizadora do projeto “Maria Lê”, Maria de Jesus Cardoso, a Susi, enalteceu a parceria firmada com a Prefeitura aldeense. “Essa é a primeira edição do projeto em São Pedro da Aldeia e a Prefeitura nos acolheu de imediato. O município nos abriu as portas e nós esperamos que esse seja o início de uma longa parceria. A nossa proposta é trazer o livro para a praça, para os espaços públicos, e proporcionar o entretenimento e o acesso à cultura para todos. A praça é maravilhosa, muito bem cuidada e isso só agrega para o nosso projeto. Só temos a agradecer a todos os secretários envolvidos, de Cultura, do Ambiente, do Turismo, a Guarda Municipal e todos os nossos parceiros que nos receberam de coração aberto. Teremos também atrações culturais no decorrer da feira, de quinta a domingo, para todos os públicos”, destacou.

De Salvador, na Bahia, Junior Franco é um dos escritores que compõem o quadro de expositores da feira. Pela primeira vez no município aldeense, o autor falou sobre o lançamento de sua trilogia de suspense e aventura, Destino Proibido, da editora Maroba. “Este é o meu primeiro ano na cidade e estou gostando muito. Aqui em São Pedro da Aldeia estou lançando minha a trilogia, Destino Proibido, Um e Dois. O livro Três sai no ano que vem e espero ter a oportunidade novamente de trazê-lo para cá. A feira tem sido uma oportunidade muito prazerosa. As pessoas ficam curiosas, fazem perguntas sobre o projeto, sobre como escrever, publicar, o processo de escrita criativa e atendo todos com muito carinho e atenção”, disse. Além do autor baiano, também fazem parte do time de expositores o escritor e jornalista de São Pedro da Aldeia, Renato Fulgoni, autor do “O Livro dos Sonhos – A Vingança de Adolpho Mister”, que também promove uma sessão de autógrafos na noite do dia 03 de janeiro.

Professora da Educação Infantil, Fernanda Moraes levou o filho, Leandro Oliveira, para aproveitar a programação literária no Centro da cidade. “Meu filho gosta muito de ler e para ele foi uma experiência maravilhosa. Os preços estão muito acessíveis e o espaço está ótimo. O projeto é muito positivo principalmente para as crianças, que podem ter um contato maior com a leitura. É uma oportunidade para que eles ampliem os horizontes, além de contribuir para a alfabetização e para o conhecimento de outras culturas, e tudo isso por um valor que cabe no bolso”, afirmou a moradora do bairro São José.

Categorias: São Pedro da Aldeia Cultura

Fotos da notícia




Outras notícias