VÍDEOS/ RJ-140 tem longa fila de caminhoneiros no acostamento, no sentido São Pedro-Cabo Frio

Greve dos caminhoneiros chega ao quarto dia e tem bloqueios em várias rodovias. Protesto é pacífico


No quarto dia de greve dos caminhoneiros, que protestam por causa da alta no preço do combustível, os reflexos na Região dos Lagos são muitos, entre eles já se via pela manhã desta quinta-feira (24) longa fila de caminhões pelo acostamento da RJ-140, na altura do Mc Donald's, na chegada a São Pedro da Aldeia, sentido Cabo Frio. Nesse ponto o trânsito é intenso mas flui.

Na rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), altura do trevo de Búzios, sentido Macaé (próximo à garagem da Macaense) a situação é mais complicada, já que só carros e ônibus estão trafegando, em meia pista.

 

 

No início da tarde desta quinta-feira, o número de caminhões parados no acostamento da RJ-140, em São Pedro, já tinha aumentado.

Em outro ponto da rodovia, no Balneário das Conchas, bairro de São Pedro da Aldeia, uma fila de caminhões formada no Km 105 causa retenções no tráfego. Segundo o relato de motoristas que passaram pelo local, os caminhoneiros deixam o trânsito em meia pista.

A entidade que coordena a manifestação que tem interrompido o transporte rodoviário no Brasil, a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), informou na noite desta quarta (23), que a manifestação dos motoristas continua mesmo após o anúncio da Petrobras de redução do preço do diesel em 10% e a manutenção desses preços por 15 dias.

 

 

 

Categorias: Trânsito / Transportes

Fotos da notícia




Outras notícias