Tartaruga-de-couro adulta é encontrada morta na Praia de Jaconé, em Saquarema

Ambientalistas alertam para a pesca predatória em toda a região


Uma tartaruga-de-couro foi encontrada morta na praia de Jaconé, em Saquarema, neste fim de semana. Segundo ambientalistas, o animal deve ter entorno de 80 anos e a causa da morte é a pesca predatória.

 

Segundo o jornalista e ambientalista, Edson Pedroso, que foi quem encontrou a tartaruga na sexta-feira (26), a pesca sem fiscalisação está causando a mortandade de peixes e animais marinhos.

 

"Gente estou cansado de ver a omissão dos agentes públicos.O famoso jogo de empurra,empurra para o outro e nada acontece.Vamos continuar com Traineiras de outros Estados praticando a chamada pesca predatória cuja pratica configura crime ambiental e não sofrem nenhuma fiscalização. Por coincidência a mortandade de Tartarugas Marinhas aumenta vitimada por afogamento nas redes de pesca nesta época em Saquarema. Foto uma da espécie couro que foi encontrada morta em 26/01/ 2018 Detalhe fiz um exame visual e não encontrei sinais de mordida de tubarão ou ferimentos recentes", postou Edson no Facebook.

 

A tartaruga-de-couro é considerada como criticamente ameaçada de extinção na Lista Vermelha da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais). Fatores como poluição e pesca acidental influenciam fortemente para a diminuição dos indivíduos dessa espécie.

 

Nas redes sociais, ambientalistas fazem apelo às autoridades, chamando a atenção para a mortandade de animais marinhos em toda a Região dos Lagos.

 

Veja o vídeo de Edson Predoso que encontrou a tartaruga em Saquarema:

 

Categorias: Meio Ambiente

Fotos da notícia




Outras notícias