BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta terça-feira (9)

Marquinho sai escoltado da Intertv; Se desvios forem aprovados...; Reunião com a Educação em Arraial do Cabo; Canabidiol em Búzios; A saga dos aposentados de Araruama; E muito mais...


PREFEITO ESCOLTADO

Após entrevista na RJ 1ª edição, da Intertv, o prefeito de Cabo Frio saiu escoltado pela Polícia Militar da sede da emissora, na manhã desta terça-feira (9). Os servidores municipais estavam na entrada protestando contra o atraso no pagamento do salário de dezembro e do 13º. O prefeito deixou o local cercado de policiais. Ainda na entrevista foi informado pela apresentadora Ana Paula Mendes da manifestação dos servidores e disse: “Já estou acostumado com as reivindicações”. Marquinho voltou a afirmar que se não tivesse pegado o município na situação em que estava, o funcionalismo estaria com o salário em dia. Quanto à regularização, o prefeito disse que a expectativa é colocar tudo em dia até março. “Estamos fazendo o possível para arrecadar recursos para pagar a folha. Não posso obrigar o servidor, que tem direito à greve, assegurado por lei, a trabalhar. Mas quando estiver tudo quitado, poderemos cobrar”, disse Marquinho.

 

 

 

 

 

SE PROVAR, RENUNCIO

E por falar na entrevista, podemos dizer que o prefeito de Cabo Frio foi colocado contra a parede. A pressão foi total e chegou a deixar Marquinho visivelmente nervoso. Ele chegou a afirmar que não houve desvio de dinheiro na Comsercaf e que foi um equívoco da Polícia Federal e do Ministério Público sobre o extravio de R$ 60 milhões. Quanto ao caso dos super salários, Marquinho disse que já desafiou o vereador (Rafael Peçanha) a apresentar documento que comprove o depósito de R$ 120 mil na conta de qualquer servidor. “Se provar, eu renuncio meu mandato. Abrimos processo administrativo e afastamos os servidores suspeitos, porque há indício de irregularidade. Se provado serão responsabilizados e exonerados, se não, retornarão às funções de origem”, afirmou o prefeito de Cabo Frio.

 

 

 

CARTÃO COMSERCAF

Figura irreverente é a do internauta, que mesmo nas situações mais sérias e revoltantes, dá um jeito de tratar tudo com humor. Após a soltura de Cláudio Moreira, ex-presidente da Comsercaf, a turma não perdoou e postou uma foto dele com um cartão (fictício, é claro) da autarquia. “Liberdade não tem preço!”.

 

 

 

 

 

 

 

REUNIÃO COM A EDUCAÇÃO

O secretário municipal de Administração, Luiz Cláudio Leal, o Kall, vai receber representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), nesta quarta-feira (10), às 10h. Na pauta, está o pagamento do 13º salário da categoria, que ainda não saiu. Os sindicalistas estão pressionando para saber quando o governo pretende fazer o pagamento.  E por falar em Educação, os concursados também estão no pé do prefeito Renatinho Vianna. Eles querem saber quando serão convocados e na semana passada protestaram na porta da Prefeitura.

 

 

 

 

 

CANABIDIOL EM BÚZIOS

Búzios é a primeira cidade da Região dos Lagos a ter uma paciente autorizada pela Anvisa a importar, portar e usar remédio à base de canabidiol. O medicamento vem dos Estados Unidos e a paciente foi vítima de um AVC. “É a primeira vitória. Agora vamos continuar lutando para conseguir plantar e fazer a produção da cannabis medicinal aqui na cidade”, diz Hamber Carvalho, advogado e ativista que está à frente do movimento pela liberação do plantio em Búzios, à jornalista Cléo Guimarães, da Coluna Gente Boa, do O Globo.

 

 

 

“OS APOSENTADOS QUE SE LASQUEM”

Em Araruama, os aposentados e pensionistas do Instituto de Benefícios e Assistência ao Servidor Municipal (Ibasma), estão furiosos com a prefeita Lívia Bello, por conta do pagamento deste mês que ainda não saiu. A informação da diretoria do instituto é que, até esta terça-feira (9), sexto dia útil do mês, o repasse do governo não tinha sido feito. Na Praça do Blindex, o comentário da turma é que, com o “canteiro de obras” que virou a cidade, “os aposentados que se lasquem”. Prefeita, não é assim que se escreve “uma nova história”.

 

 

 

 

 

SÃO PEDRO DA LIXEIRA

Depois dos buracos, os internautas aldeenses cobram do governo a manutenção e conservação do bairro Nova São Pedro. Segundo eles, a localidade, que beira as salinas, e tem ligação com o Centro da cidade, tem o IPTU caro, nenhuma iluminação à noite e lixo para todo lado. Ainda de acordo com os internautas, os carros jogam entulhos de outros bairros no Nova São Pedro, que ainda tem muitos terrenos sem construção. Quem mora lá ou na vizinhança está preocupado com a proliferação dos mosquitos. O comentário da turma do Canhão é que, as autoridades da Aldeia estão mais preocupadas em promover blitz para rebocar carros, do que cuidar da limpeza da cidade. “Ruas esburacadas, entulhos para todos os lados e o mais importante é a blitz apreendendo os carros dos trabalhadores”, é o que diz a turma do Canhão. Eles não perdoam.

 

 

 

 

IGUABA EM CHOQUE

O caso do pastor Leandro Marinho, suspeito de abusar sexualmente da própria filha de três anos de idade, deixou a população de Iguaba Grande em choque. Não se falou em outro assunto na cidade nesta terça-feira (9). O suspeito está foragido e o abuso atestado por exames e laudos. O fato é que Leandro era uma pessoa muito respeitada na cidade e extremamente moralista. O apoio dele era motivo de disputa pela classe política de Iguaba. Ele dirigia a Comunidade Evangélica Restaurando Aliança (CERA). Mas as acusações deixaram os políticos da cidade estarrecidos e horrorizados. A família está sendo amparada por toda a cidade e também por figuras conhecidas de Iguaba. Solidariedade neste momento é muito importante.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias